“Roboto”, a fonte da Google, é open-source e está disponível para download gratuito


fonte da Google download gratuito

Quando lançou a versão 4.0 do Android, apelidada de Ice Cream Sandwich, a Google incluiu uma nova fonte de texto chamada “Roboto”. Essa fonte tem-se mantido até aos dias de hoje e está neste momento presente em outros softwares, como o Android 5.0 e o Chrome OS, tendo recebido o rótulo de open source esta terça-feira.

Quando lançada em 2011, a “Roboto” ficou prontamente disponível para os programadores em vários estilos – itálico, negrito, entre outros – para estes pudessem inclui-la nas suas apps, unificando-se, assim, o design do ecossistema Android. A própria Google introduziu a “Roboto” nas suas apps e, mais recentemente, adoptou-a na sua nova linguagem Material Design.

Assim, depois de ter conquistado o mobile, a “Roboto” está a entrar aos poucos e poucos no desktop, em vários sites da Google como o Inbox, o Play Music e o YouTube.

roboto_02

Mas agora, sendo open source, a “Roboto”, criada pelo designer Christian Robertson, pode não apenas ser utilizada como também modificada pelos developers. Este é um bonito gesto da Google, que sempre foi defensora de sistemas abertos para uma maior personalização ao contrário da Apple.

A partir desta semana passa também a estar disponível uma nova ferramenta que ajuda no processo de alteração do estilo original da Roboto. Tudo aqui.

A Google não é a única empresa a desenhar fontes. A Apple apresentou, com o Apple Watch, a “San Francisco”, uma tipografia que agora deverá chegar ao OS X e ao iOS.