Será que o Netflix vai transformar o ‘Top Gear’ em ‘House of Cars’?


Depois da saída de Jeremy Clarkson da BBC, os co-apresentadores do Top Gear Richard Hammond e James May, bem como o produtor do programa, Andy Wilman, estão a ponderar mudar para o Netflix. Segundo apurou o The Guardian em Abril, os quatro membros vão continuar a trabalhar em conjunto e precisam agora de uma distribuidora de conteúdos para continuar o projecto.

Uma vez que a designação “Top Gear” tem direitos de autor detidos pela BBC, o novo programa terá de ter um nome diferente. O The Mirror afirma que as estrelas dos automóveis vão assinar contrato com a Netflix e que o nome do programa será House of Cars.

Como não poderia deixar de ser a comparação com House of Cards é inevitável. Mas a pergunta aqui é: vamos ter Kevin Spacey a conduzir o mítico Kia Ceed na pista de testes?

Provavelmente não, mas uma coisa é certa, se a BBC conferia a Top Gear um selo de excelência – pelos 13 anos de programa –, o Netflix tem a capacidade de transformar seja lá o que for que Jeremy Clarkson tem em mente, num dos melhores programas da história.

Só no ano passado, o Top Gear rendeu à BBC uns incríveis 70 milhões de euros. Confirmando-se a entrada da equipa maravilha para o Netflix, a série ficará disponível para os mais de 60 milhões de subscritores do serviço em todo o mundo.