Registado um surpreendente pôr-do-sol azul em Marte


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

O Curiosity continua em missão em Marte, por ordem da NASA. Em Abril último, a sua Mast Camera capturou imagens impressionantes do pôr-do-sol no planeta vermelho. Bem contrastante com o pôr-do-sol terrestre, onde dominam os laranjas, vermelhos e cores quentes, em Marte o céu adquire uma cor gélida, azulada e fria. Um fenómeno bastante diferente daquele a que estamos habituados na terra mas, ainda sim, de uma beleza surpreendente.

As imagens foram registadas a preto-e-branco mas Damia Bouic, da The Planetary Society, recriou as suas cores originais.

O céu marciano é vermelho durante toda a manhã, graças à própria atmosfera e às partículas de pó. Com o aproximar do crepúsculo adquire gradualmente uma tonalidade mais fria, quase espectral, ficando por fim azul. Curiosamente, a cor azul com que o pôr-do-sol presenteia Marte é resultado da imensa poeira vermelha do planeta. O pó vermelho, neste momento específico, dispersa os comprimentos de onda vermelhos, daí estes não serem visíveis ao nossos olhos. Este fenómeno, combinado com a fina atmosfera marciana, produz um espetáculo azulado sempre que o sol se põe.

curiositybluesunset_02

“Na Terra, a luz azul é disseminada por moléculas de gás, mas em Marte não há suficientes, menos de um por cento comparando com a atmosfera terrestre”, referiu em comunicado Mark Lemmon, da Texas A&M University.

O pôr-do-sol foi registado a mais de 225 mil quilómetros de distância, no planeta vermelho, que cada vez vamos conhecendo mais e conhecendo melhor.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.