Red Bull O Santo Vertical regressa para animar a noite lisboeta de 12 de Junho


Se o mundo inteiro cabe em Lisboa, pode garantir-se que pelo eixo do Intendente passam várias latitudes: há por ali África e há Brasil e até Caraíbas. Pelo menos na noite de 12 de Junho, quando Red Bull O Santo Vertical voltar a realizar uma aparição no Largo do Intendente.

Na festa maior dos santos populares, quando Lisboa se enche de bailaricos, de marchas e de cheiro a sardinha, todos os caminhos mais fixes conduzirão, uma vez mais, ao Largo do Intendente, o centro de onde emana uma nova Lisboa, lugar de encontro de culturas, de gerações, de sensibilidades e, claro, da mais festiva música que Portugal vai oferecendo ao mundo. E não só, que este ano até nesse ponto há novidades. 

O Red Bull o Santo Vertical volta a propor uma fachada como palco diferente para uma festa que se quer igual na entrega e no espírito de partilha, mas absolutamente única na proposta artística que se entrega à cidade. Como em anos anteriores, o Red Bull O Santo Vertical promete deixar todos os corações ao alto e todas as ancas agitadas com uma programação de luxo.

Branko, homem dos Buraka Som Sistema que anda em plena volta ao mundo a preparar o seu álbum de estreia a solo, traz zouk bass e tanto mais para abanar o centro de Lisboa; Ghetthoven traz o sexy de volta a uma festa que se quer quente e cheia de amores, ou não fosse o Santo António, espécie de DJ residente do grande clube que é Lisboa, um santo casamenteiro; Maga Bo chega do Brasil: a língua é a mesma, mas a ginga é definitivamente diferente – homem forte da cena hip hop do Rio, está habituado a abalar morros e não terá dificuldade em fazer estremecer o Largo; e finalmente, já que se fala de vibrações das boas, há que mencionar Reggae Revival com Richie Campbell, nome maior da cena reggae nacional que leva o seu novo álbum até um público que sabe com quantas linhas de baixo se faz uma marcha em direção ao paraíso.

O porta voz de Red Bull O Santo Vertical, aquele que faz do microfone uma máquina de disparar amor, responde pelo nome de SILK – é ele que põe o funk em Cais Sodré Funk Connection.

A entrada é livre, e a festa imperdível, o cartaz promete dança, festa, celebração, calor e balanço tropical. Mas nas próximas semanas muito mais se saberá sobre o que se vai passar no Intendente no dia em que o Red Bull O Santo Vertical convida a soltar toda a ginga que tem dentro de si.