Estúdio televisivo de Steve Spielberg vai adaptar clássico literário ‘Brave New World’


O clássico livro de ficção-científica Brave New World, do escritor britânico Aldous Huxley, vai ser adaptado para TV no formato de série. A notícia é avançada pelo site The Hollywood Reporter, que diz que a série será produzida pela Amblin Television, estúdio de Steven Spielberg, e exibida pelo canal norte-americano SyFy.

Brave New World – que ocupa a quinta posição numa lista da Modern Library com os 100 dos melhores romances ingleses do século XX – leva-nos até um mundo sem pobreza, guerras ou doenças, onde os humanos são condicionados social, biologica e psicologicamente a viver em harmonia. Nessa sociedade futurista, a ética religiosa não existe e os valores morais são próprios, diferentes dos contemporâneos. Os cidadãos inseguros sobre a sua existência são submetidos ao consumo de uma droga sem efeitos colaterais aparentes, chamada “soma”.

Publicado pela primeira vez em 1932, Brave New World vai ser adaptado pelo escritor Les Bohem, que escreveu Taken, que ganhou em 2003 um Emmy para melhor mini-série e conquistou outras 6 nomeações. Darryl Frank e Justin Falvey, da Amblin Television, vão ser – ao lado de Bohem – produtores executivos de Brave New World.

Citado pelo Hollywood Reporter, o presidente do canal SyFy, Dave Howe, mostrou-se satisfeito com a adaptação de tão influente obra ao grande ecrã: “a sua visão provocativa de um futuro tortuoso mantém-se poderosa e intemporal. Promete ser um evento televisivo monumental. Brave New World encaixa-se perfeitamente na programação inovadora que se tem tornado o canal SyFy”.

Brave New World significa para o SyFy um reforço do conteúdo original de ficção científica, uma área na qual a estação se tem focado.