As apostas dos “nossos” directores criativos para Cannes


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Oficialmente, o festival de publicidade de Cannes arrancou no passado Domingo mas desde há muito tempo que está a ser preparado pelas agências de todo o mundo. De 21 a 27 de Junho vão passar pela cidade francesa os melhores criativos publicitários do mundo e, entre palestras, festas e copos com estrelas da publicidade, há algo que todos desejam: ganhar (no mínimo) um Leão de Cannes.

Numa altura em que já começaram a sair resultados, o Shifter divulga as apostas de alguns Directores Criativos portugueses (e não só) a trabalhar em Portugal ou no estrangeiro. O que gostavam que ganhasse, o que têm a certeza que vai ganhar ou aquela campanha que teimam em gostar, mesmo que não saibam bem porquê. Apesar de muitas destas apostas já se terem revelado verdadeiras certezas, até ao final da semana ainda há odds em aberto. Por isso, let the bidding begin.

Marcelo Lourenço (Fuel)

“Like a Girl” – Always // Leo Burnett

O sonho de qualquer publicitário deveria ser fazer coisas tão relevantes, emocionantes e eficazes quanto o “#Like a Girl”, a campanha criada pela Leo Burnett para a marca Always, da Procter & Gamble. “#Like A Girl” faz-nos perceber que uma sociedade onde “correr como uma rapariga” é algo ruim (ou fraco, ou parvo, ou ridículo, escolha o seu sentido pejorativo) está a fazer tudo errado. É uma revolução ao nível do “Dove Real Beauty Scketches” – e merece ganhar tantos prémios quanto.

Susana Albuquerque (Tapsa / Y&R)

“Hologramas Por La Libertad” // DDB España

Tudo o que o trabalho proactivo de uma agência devia ser. Relevância social e trabalho de agora, na escolha do briefing, no conceito e na execução.

Outras apostas:

Hugo Veiga (AKQA SP)

Quando tudo indica que Like a Girl (Da Leo Burnett, para Always) será o grande vencedor de Cannes 2015, existem outros projectos que deverão ganhar prémios importantes, como este:

“House of Mamba LED Court” – Nike // AKQA (do português Carlos Matias)

Outras apostas:

André Freitas (Lintas)

Ponto prévio: ideias premiáveis em Cannes não é igual a, enfim, boas ideias – ou, mais concretamente, ideias de que eu (cuja opinião vale, literalmente, o que vale) goste.

“Endless Road/The Other Side” – Honda // W+K

Pode parecer batota, agrupar dois trabalhos – mas ter o mesmo cliente, a aprovar e executar duas ideias fora de série, é uma homenagem ao lado mais nobre desta profissão (a coragem, senhores, a coragem).

Outras apostas:

Francisco Chatimsky (Fullsix)

ACH2O – Panasonic

Porque é inovador, porque não é efémero. Porque salva vidas.

Outras apostas:

João Oliveira (JWT Lisboa)

Guns with History – States United to Prevent Gun Violence // GREY NY – Que o meu amigo João Coutinho ganhe tudo o que houver para ganhar com a sua Gunshop. 

Outras apostas:

 

(autores: Miguel Mestre e Nuno Dores; contribuidor: Alexandre Couto)

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.