Quem disse que a arte não leva multa?


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O artista austríaco Erwin Wurm tem desenvolvido um corpo de trabalho que muitas vezes dá um tratamento escultural a veículos icónicos. Numa exposição que está presente de momento no Kunstmuseum de Wolfsburg, apresenta uma carrinha pão-de-forma que parece ter sido aquecida até o metal derreter e um carro Mercedes-Benz de luxo que é destruído por um peso mórbido.

Mas nem a sua reputação como artista de formas impossíveis o ajudou quando multaram a sua construção criada a partir de uma carrinha alimentarMercedes-Benz que parece trepar uma parede na cidade de Karlsruhe. Sim, isso mesmo. Uma obra de arte inserida no espaço público não conseguiu salvar-se de uma multa, apesar da construção específica que qualquer polícia de olhos abertos teria visto.

Vamos torcer para que se trate de uma obra de arte conceptual em que se critica o uso do espaço comunitário como se fosse uma galeria.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!