BBC mostra que é possível controlar TV só com o pensamento


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

A tecnologia está a conduzir a humanidade para uma era onde o movimento físico é cada vez menos necessário: os carros automáticos tiram a necessidade de conduzir, as Bimbis desta vida tiram a necessidade de cozinhar, e por aí fora. Agora, a BBC quer erradicar até mesmo o gesto de pegar no comando de televisão para mudar de canal.

Apresentado na semana passada, o Mind DRDR TV é um headset que te permite controlar a tua televisão apenas com o pensamento. Sim, com o pensamento.

Desenvolvido pela BBC em parceira com o estúdio This Place, o aparelho conta com sensores encostados à testa e à orelha que analisam as ondas cerebrais para saber aquilo que o utilizador que ver no iPlayer, o serviço de conteúdos da estação televisiva, ou então no YouTube. Há também a opção de “enviar” esses conteúdos para o smartphone apenas com o “poder da mente”.

Para já, o Mind DRDR TV não passa de uma tecnologia experimental e de um protótipo interno, tendo sido testado por alguns funcionários da BBC que demonstraram até opinioes divergentes: enquanto uns aprovaram esta nova forma de ver TV, embora reconhecessem a sua demora para chegar ao mercado, enquanto uma mulher disse mesmo que esta era um sistema ainda demasiado lento para se tornar prático.

Se está pronto ou não para chegar aos milhões de casas dos espetadores, este é mais um passo dado pela tecnologia para facilitar e melhorar a vida das pessoas. O Mind DRDR TV vai ser sem dúvida uma ajuda preciosa para pessoas com dificuldades motoras que não conseguem ter acesso fácil ao comando da televisão e que passam muitas vezes tardes sozinhos em casa.

Dica: quando isto chegar mesmo à tua casa, tira o som da televisão se costumas ter muitos pensamentos perversos.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!