É oficial: o Netflix vai chegar a Portugal em Outubro


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O Netflix vai chegar ao nosso país em Outubro deste ano. A notícia é avançada na edição desta semana do jornal Expresso, que conversou com o CEO Reed Hastings. “Sim, Portugal terá o serviço em Outubro”, disse o executivo.

O Netflix é um dos mais populares serviços de streaming de filmes e séries. Com mais de 60 milhões de assinantes e presente em mais de 40 países, a plataforma vai FINALMENTE estar disponível (de forma legal) em Portugal.

No nosso país, oferecerá acesso a um catálogo limitado de conteúdos, isto é, mais reduzido que aquele que é oferecido no Reino Unido ou nos Estados Unidos, por exemplo. Será um catálogo semelhante ao que é oferecido actualmente em França, país ao qual o Netflix chegou no início deste ano. “Portugal terá a mesma selecção de conteúdos originais e licenciados que já temos disponíveis em França”, referiu Hastings.

Em comunicado, o Netflix revelou alguns conteúdos originais (isto é, produzidos pelo próprio/exclusivos) que vão estar presentes no catálogo português: Beasts of No Nation, Crouching Tiger, Hidden Dragon The Green Legend, JadotvilleThe Ridiculous 6.

O serviço base vai em Portugal custar 7,99 euros. Mas se quiseres uma experiência em alta definição e em dois ecrãs vais ter de pagar 8,99 euros/mês. Para quatro ecrãs, o preço sobre para 11,99 euros.

De acordo ainda com o jornal Expresso, o Netflix vai instalar em Lisboa o centro de suporte para a região Sul da Europa. “A nossa equipa de gestão esteve em Portugal várias vezes para avançar com a criação deste centro de suporte para servir França, Itália, Espanha e Portugal”, disse Hastings. “Lisboa é uma excelente cidade para viver e não é cara. A nossa agência local vai recrutar dezenas de pessoas de diferentes nacionalidades para trabalhar no centro.”

netflixptexpresso

As operadoras MEO, NOS e Vodafone já oferecem filmes e séries através dos seus videoclubes, mas não apostaram num modelo estilo-Netflix, em que uma subscrição mensal dá acesso ilimitado a todos os conteúdos do catálogo. “Em todas as geografias para onde vamos há sempre um efeito muito positivo para os consumidores, porque obriga os concorrentes a melhorar as suas ofertas”, observou o executivo.

O Netflix está no meio de uma expansão internacional, que deverá ficar concluída em 2016. Este ano já chegou a França e à Alemanha. Também em Outubro vai entrar em Espanha. Portugal junta-se, assim, à lista, na qual também se encontra a Itália.

Estás entusiasmado pela chegada do Netflix ao nosso país?

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!