Ninguém lê o que tu escreves? Este é o site para ti

Estes escritores podem ser famosos em algumas partes da internet ou do mundo, alguns podem ser famosos na tua família ou só na tua mente.

Bem-vindos à irrelevância escrita que writers no one reads tem compilado para ti.

A grande maioria dos escritores vive a pensar que um dia vai ser lido. É nobre acreditar nisso, sobretudo pelo quanto é irrealista. O livro mais vendido de 2014 foi Killing Patton, de Bill O’Reilly e Martin Dugard e conseguiu o número estratosférico de quase um milhão e meio de exemplares de vendas, mas se isto é o melhor bestseller global num mundo de sete mil milhões de pessoas, se calhar não se lê assim tanto.

E se um escritor não tem leitores, rapidamente cai no esquecimento. Foi por isso mesmo que quem criou o writersnoonereads.tumblr.com avisou logo: estes escritores podem ser famosos em algumas partes da internet ou do mundo, alguns podem ser famosos na tua família ou só na tua mente.

E assim começa o feed de um site que se dedica a encontrar obras que caíram no esquecimento, mas que continuam a ter um valor inerente à sua prosa. Livros esquecidos, negligenciados, abandonados, desconhecidos, fora-de-moda, por traduzir, etc.

Com três editores que se dedicam a encontrar pérolas perdidas um pouco por todo o lado, também é o site perfeito para escritores que ninguém: ficam entre pares.

writersnoonereads_tumblr

(foto: Maria Rita / Shifter)

Milhares de pessoas seguem o Shifter diariamente, apenas 50 apoiam o projecto directamente. Ajuda-nos a mudar esta estatística.