Operadores portugueses barram acesso ao site da Uber


O site da Uber está a ser bloqueado em Portugal pelas operadoras de comunicações, no seguimento do cumprimento de uma ordem judicial. Conforme notou o Shifter este domingo, a NOS foi a primeira operadora a aplicar as instruções judiciais.

“A NOS cumpriu escrupulosamente as instruções do tribunal para bloquear o site da Uber”, explicou a companhia por e-mail ao Shifter. O bloqueio do site da Uber foi esta manhã aplicado pela Vodafone, mas os clientes MEO continuam a conseguir aceder ao uber.com.

Por e-mail, fonte oficial da Uber confirmou ao Shifter o bloqueio do site, dizendo que a empresa “está empenhada em cumprir e respeitar a legislação portuguesa”.

Esta proibição surge no seguimento da ordem judicial conhecida no dia 28 de Abril, através da qual “os operadores de telecomunicações em Portugal foram notificados para bloquear o acesso ao site”. Recorde-se que trata de uma sentença provisória emitida pelo Tribunal de Primeira Instância de Lisboa, em consequência de uma providência cautelar interposta pela ANTRAL. A Uber recorreu, entretanto, da decisão, estando a aguardar um veredicto final.

A app vai continuar a funcionar normalmente em todos os operadores, conforme nos garantiu fonte oficial da Uber: “a aplicação Uber e a sua capacidade de ligar utilizadores a uma viagem segura e conveniente não estará afetada nas cidades de Lisboa e do Porto”.

“A Uber lamenta o inconveniente e espera uma decisão judicial tão brevemente quanto possível de forma a servir os seus parceiros e utilizadores em Portugal da melhor forma”, conclui a empresa, na nota enviada ao Shifter por e-mail.