Para o BitTorrent, os QR Codes são a melhor forma de partilhar fotos com amigos


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O BitTorrent tem procurado reinventar a partilha de ficheiros, quer através do seu cliente, quer por via do seu browser, quer com os disruptivos “bundles”. Agora a empresa propõe uma nova forma para partilhar fotos com os amigos: QR Codes.

Shoot é uma nova app do BitTorrent para telemóvel (iOS, Android e Windows) que permite enviar fotos ou vídeos de um dispositivo para o outro, mesmo que eles corram sistemas operativos diferentes. Por exemplo, se tiveres um iPhone, podes instalar o Shoot para passar imagens para um equipamento Android (e vice-versa).

Apesar de muitas vezes mal aplicados, os QR Codes são uma tecnologia com uma enorme abrangência, dado poder ser usada em qualquer telemóvel com uma câmara. É por isso que o BitTorrent acha que são a melhor forma para passar fotos e vídeos entre equipamentos com sistemas operativos diferentes.

O Shoot é muito simples de usar: abres a app num iPhone, por exemplo, e escolhes os ficheiros que queres transferir para um telemóvel Windows; vai aparecer-te um QR Code no primeiro telemóvel, que terás de ler com o segundo telemóvel; depois é esperar que a transferência fique feita.

bitorrentshoot_02

Como o Shoot usa a tecnologia BitTorrent Sync (“device to device, skip the cloud”), nenhum ficheiro é armazenado na cloud, nem em nenhum servidor da empresa. Assim, o BitTorrent garante segurança e privacidade. Mas mais importante que isso é que nenhuma informação é recolhida pelo BitTorrent a partir das tuas fotos ou vídeos, ao contrário do que acontece em serviços como o Google Photos ou o Facebook Moments (quer a Google, quer o Facebook vendem publicidade com os dados dos seus utilizadores).

O Shoot é gratuito nas lojas digitais – App Store, Play Store e Windows Store –, mas terás de pagar 1,99 dólares para começar a usar o serviço (sim, só pagas uma vez). O receptor não tem de pagar nada para receber as fotos. Além disso, os primeiros 3 envios são gratuitos.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!