Este robô origami dobra-se e desdobra-se sozinho


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Os drones têm evoluído no sentido de serem cada vez mais fáceis de transportar e práticos de utilizar. No MIT (Massachusetts Institute of Technology) foi desenvolvido um drone especial… um “origami drone”.

Este drone é realmente diferente. Não chega a pesar meia grama, e tem 1,7 cm de comprimento. Activa-se por meio do calor e desdobra-se e dobra-se continuamente até assumir a sua forma final, que em tudo faz lembrar a mítica arte nipónica de transformar o papel.

O aparelho trabalha pela força de dois imãs, sendo que um deles está integrado na própria sua estrutura. Através da força de atracção e repulsão e com a ajuda de quatro bobinas electromagnéticas, o aparelho é capaz de se mover de modo independente.

Estas características permitem-lhe um movimento autónomo e não só, fazem do “origami tecnológico” do MIT um verdadeiro todo-o-terreno: é capaz de andar, passar por cima de obstáculos e consegue até nadar. O drone tem ainda outra particularidade, desintegra-se. Para que isto aconteça basta que o coloquemos num recipiente com acetona e a sua estrutura externa desaparece por completo, deixando somente os imãs para trás, intactos.

mitorigamirobot_02

Shuhei Miyashita, líder da equipa, apresentou o aparelho aquando do ICRA 2015 em Seattle (EUA). Os investigadores do MIT sonham agora mais alto. O próximo passo é concretizar um dispositivo que se consiga dobrar dentro de si próprio e por fim desaparecer sem deixar qualquer vestígio. Basicamente, a evolução do “origami drone” será um “ninja drone”.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!