±MAISMENOS± e o seu enorme painel comunitário de azulejos


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Há perguntas que não têm uma resposta, mas várias. “Quem és, Porto?” é uma delas. A prova está no gigante painel de azulejos, instalado junto à Estação de São Bento. Ao todo são mais de 3 mil azulejos, criados por vários portuenses, que aceitaram o convite público lançado pelo artista Miguel Januário, mais conhecido por ±MAISMENOS±.

Através de uma série de workshops, os interessados foram convidados a pintar e a desenhar em 4 azulejos, no máximo, a resposta que quiseram dar à interrogação. Os trabalhos foram coordenados por ±MAISMENOS±, com a ajuda de instrutores e voluntários.

A diversidade temática dos azulejos requereu uma organização criteriosa da montagem, para atingir a conformidade visual, cromática e espacial que pode ser apreciada no antigo espaço de estacionamento entre a Rua da Madeira e a Estação de São Bento.

maismenospainelporto_02

maismenospainelporto_03

Este painel comunitário de azulejos de Miguel Januário é apenas uma das iniciativas da Locomotiva, projecto de intervenção cultural e comunitária promovido, entre Dezembro do ano passado e Junho deste, pela empresa municipal Porto Lazer em conjunto com a Rede Ferroviária Nacional (REFER). Ao longo de seis meses, a Locomotiva procurou tornar o corpo Norte da Estação de São Bento um lugar de paragem e de destino cultural.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.