Passados 98 anos, a Converse redesenhou as icónicas Chuck Taylor All Star


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Passados 100 anos, os míticos Chuck Taylor All Star evoluíram e dão, agora, lugar ao modelo Chuck Taylor All Star II. Para alguns puristas pode-se considerar um verdadeiro “atentado” mas, em boa verdade, muito pouco mudou nas lendárias sapatilhas que calçaram Cobain e outro meio mundo.

A sola? Permanece branca, de borracha. O emblema da marca? Igual, no mesmo sítio. O formato? Idêntico. Pois bem, a verdadeira revolução dos novos All Star não está à vista, quase passa despercebida, isto porque acontece no interior.

chucktaylor2_02

Sabemos que as Chuck nunca foram os ténis mais confortáveis. Grandes caminhadas eram sinónimas de desconforto e poderiam até reproduzir umas quantas e nefastas bolhas nos pés. A Converse teve em conta muitos pedidos que recebeu ao longo dos anos, fazendo referência ao conforto, ou falta dele, das sapatilhas. A solução fez-se tardar, foi morosa, mas… chegou. Para garantir o conforto e comodidade de quem usa o modelo, as Chuck Taylor ganharam um forro micro-perfurado em camurça, ganharam também uma nova pala, mais fofa, acolchoada, e ainda um reforço em volta do tornozelo. Mas a grande inovação vem da tecnologia “Lunarlon”, uma espuma confortável, já utilizada pela Nike, que se diz garantir uma espécie de “passeio flutuante” para os nossos pés.

Hoje, dia 28 Julho, o modelo “evolution” das Chuck Taylor chega às lojas. Segundo Jim Calhoun, CEO e Presidente da Converse, “o lançamento das Chuck II é um momento decisivo para que na Converse se continue a apostar na criatividade, na inovação. O que apresentamos não são somente uns novos ténis, são uma nova maneira de pensar”.

chucktaylor2_03

chucktaylor2_04

chucktaylor2_05

chucktaylor2_06

chucktaylor2_07

chucktaylor2_08

chucktaylor2_09

chucktaylor2_10

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.