Mais de 50 maravilhas de Portugal estão no Google para todo o mundo apreciar


maravilhas de Portugal google

Mosteiro dos Jerónimos, Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Palácio da Pena, Vila de Óbidos ou Castelo de Guimarães são apenas alguns dos 57 novos locais que podem, a partir de agora, ser visitados virtualmente.

A Google, com o apoio da Direção-Geral do Património Cultural, disponibilizou esta semana visitas virtuais a algum do património artístico, natural, arquitectónico e cultural mais importante do país, incluindo alguns dos seus ex-libris reconhecidos dentro e fora de portas.

Milhares de imagens 360º de maravilhas portuguesas foram acrescentadas ao Google Maps e, graças à tecnologia Street View, permitem a qualquer pessoa em Portugal ou no mundo conhecer virtualmente algumas das maiores riquezas do  nosso país.

Adicionalmente, no Google Cultural Institute, está acessível a colecção “Maravilhas de Portugal” com alguns dos principais ícones do património nacional como o Palácio da Pena, Mosteiro de Alcobaça, entre muitos outros.

googlemaravilhaspt_02

À distância de um clique num telemóvel ou computador é possível, por exemplo, descobrir cada detalhe e esplendor do interior do Mosteiro dos Jerónimos ou percorrer os seus majestosos claustros, fazer uma viagem ao longo das Muralhas da Vila de Óbidos ou admirar o interior de monumentos portugueses, em alguns casos, associados à Fundação de Portugal ou a grandes marcos históricos como o Castelo de Guimarães, popularmente designado por “berço da nação” ou o Mosteiro da Batalha, um dos melhores exemplos da arquitetura religiosa gótica, manuelina e revivalista. Desfrutar da beleza do Mosteiro de Alcobaça, a primeira obra plenamente gótica erguida em solo Português ou simplesmente admirar o Palácio da Pena, o exponente máximo do Romantismo do Século XIX em Portugal.

“O projecto que hoje apresentamos é mais um passo no trabalho que a Google tem vindo a desenvolver na digitalização do Património português com o objectivo de apoiar a divulgação dentro e fora de portas da riqueza cultural do país contribuindo também para a atração de mais turistas, com o consequente impacto na economia portuguesa”, refere Francisco Ruiz Antón, diretor de políticas públicas e representante da Google em Espanha e Portugal, em comunicado. “Também aqui a tecnologia pode ser um importante aliado e por isso estamos muito entusiasmados com o lançamento das Maravilhas de Portugal.”

googlemaravilhaspt_03

No total, são possíveis visitas virtuais de norte a sul a 57 locais tão diversos que vão desde mosteiros, a palácios passando por castelos, jardins, ruínas, parques de cidades, recintos desportivos, locais de natureza e vida selvagem, praias e por outros locais tão emblemáticos como a Baixa Pombalina, a Praça do Império ou a Sé de Braga.

A inclusão das 57 maravilhas de Portugal representa a maior expansão do projecto de digitalização do património português desde 2012, altura em que foram disponibilizados 23 novos locais de interesse cultural, natural e arquitectónico.

A nova expansão está disponível em dois locais especiais: um no Google Cultural Institute que inclui locais como o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Queluz, o de Monserrate entre outros ícones do património cultural português; e outra no Street View. Em simultâneo, as visitas virtuais a todos os 57 locais estarão também acessíveis a partir do Google Maps, bastando ao utilizador selecionar o local e clicar no ícone do Street View.

 

Saliente-se que sete instituições culturais portuguesas são parceiros do Google Cultural Institute, uma plataforma que em todo o mundo tem mais de 700 parceiros, reunindo mais de 60 mil obras de arte.

 

Lista dos 57 novos locais

  1. Mosteiro dos Jerónimos
  2. Castelo de Guimarães
  3. Mosteiro da Batalha
  4. Castelo de Monsaraz
  5. Mosteiro de Alcobaça
  6. Castelo de Leiria
  7. Mosteiro de São Martinho de Tibães
  8. Castelo de Silves
  9. Castelo de Marvão
  10. Castelo de São Jorge
  11. Castelo dos Mouros
  12. Palácio dos Duques de Bragança
  13. Sé Catedral de Braga
  14. Palácio do Marquês de Pombal
  15. Palácio da Pena
  16. Palácio do Marquês de Fronteira
  17. Palácio Nacional de Mafra
  18. Citânia de Briteiros
  19. Palácio de Monserrate
  20. Ruínas de Conímbriga
  21. Palácio Nacional de Sintra
  22. Ruínas da Cidade Velha de Santa Luzia
  23. Palácio Nacional de Queluz
  24. Chalet da Condessa D’Edla
  25. Jardim Botânico Tropical de Lisboa
  26. Oceanário de Lisboa
  27. Jardim Botânico da Univ. de Coimbra
  28. Zoomarine
  29. Jardim da Cordoaria
  30. Parque Natural da Serra da Estrela
  31. Jardins do Palácio de Cristal
  32. Parque Natural do Alvão
  33. Jardins do Passeio Alegre
  34. Parque Natural do Douro Internacional
  35. Jardim Botânico da Univ. de Lisboa
  36. Jardim da Estrela
  37. Estádio da Luz – Sport Lisboa e Benfica
  38. Praia de São Martinho do Porto
  39. Estádio Dom Afonso Henriques
  40. Praia da Nazaré
  41. Praia de Portimão
  42. Praia de Viana do Castelo
  43. Jardins da Quinta da Regaleira
  44. Aldeia Histórica Piodão
  45. Jardins de Belém e Praça do Império
  46. Cabo da Roca
  47. Parque Oriental da Cidade do Porto
  48. Baixa Pombalina
  49. Parque da Cidade de Guimarães
  50. Vila de Óbidos
  51. Parque da Cidade de Coimbra
  52. Parque de São Roque
  53. Parque de Santa Cruz
  54. Parque da Bela Vista
  55. Parque das Nações
  56. Parque da Cidade do Porto
  57. Parque dos Poeta