Quentin Tarantino diz para nunca se dizer nunca a um Kill Bill 3


Quentin tarantino Kill Bill 3
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Quentin Tarantino deixou no ar a possibilidade de uma sequela para Kill Bill. “Nunca digas nunca a um Kill Bill 3”, afirmou o realizador durante um painel no Comic-Con Internacional, que está a decorrer de 9 a 12 de Julho em San Diego, EUA.

“Uma [Thurman] gostaria mesmo de fazê-lo. Já falámos disso algumas vezes. Mas temos de esperar que a filha de Vernita cresça”, referiu Quentin Tarantino durante o evento que é considerado o ex-libris da pop culture.

Tarantino recordou a sua meta de se reformar após a sua décima longa-metragem e disse que a mesma ainda está de pé. Mas já admite uma extensão envolvendo a televisão, “algo como 10 longas-metragens e 3 mini-séries, por exemplo”.

Por outro lado, o realizador disse que gostaria de fazer um total de três westerns: dois filmes Django Unchained, mais o seu futuro Hateful Eight. Para Tarantino, fazer menos de três filmes em qualquer género significa “estar apenas a brincar”.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.