Este pequeno aparelho transforma qualquer bicicleta numa “bicicleta inteligente”


Andar de bicicleta na cidade pode ser um desafio. O trânsito intenso, o stress dos automobilistas e a frequente falta de infraestruturas dificultam a vida dos ciclistas, que optaram por um meio barato, ecológico e relativamente rápido para as suas deslocações diárias. Depois existem outras preocupações, como a ausência de tecnologia útil na bicicleta, capaz de ajudar o ciclista no seu percurso, ou a possibilidade de furto.

Uma empresa canadiana desenvolveu um produto que ideia que pode tornar a vida de muitos ciclistas citadinos bem mais fácil. Chama-se SmartHalo e é um pequeno equipamento que se prende ao guiador da bicicleta, transformando esta numa “bicicleta inteligente”.

Na prática, o SmartHalo liga-se ao telemóvel por Bluetooth e, através dele, indica ao ciclista as ruas onde tem de virar, ilumina o caminho à noite, regista os quilómetros percorridos e mantém a bicicleta segura, ao monitorizar constantemente onde ela está.

A navegação no mapa é capaz de ser das funcionalidades mais interessantes do SmartHalo. O telemóvel pode estar no bolso; durante a viagem, o pequeno dispositivo dá, na frente da bicicleta, todas as indicações de que o ciclista precisa. Há uma luz verde que acende à esquerda, à direita ou à frente, consoante a direcção a tomar. Quando o anel circular fica totalmente acesso com a verde, é porque se chegou ao destino. Se uma luz vermelha aceder, significa que é preciso “dar meia volta” e voltar para trás.

Durante o percurso, existem outras notificações que o ciclista pode receber, como avisos de que está a receber uma chamada telefónica. Neste caso, a luz do SmartHalo passa a azul. O anel inteligente também dá alertas meteorológicos.

smarthalo_02

O SmartHalo pode ser igualmente útil na hora de saber onde se estacionou a bicicleta: basta consultar o telemóvel. Se alguém entretanto tentar roubar a bicicleta, o dispositivo vai acender uma luz vermelha e começar a “gritar”. O dono precisa apenas de se aproximar da bicicleta para “calar” o alarme; se não tiver o telemóvel consigo (é ele que silencia o SmartHalo), pode simplesmente digitar o seu código de segurança.

Compatível com qualquer bicicleta, o SmartHalo tem ainda uma luz virada para a estrada, que se liga automaticamente ao anoitecer. Assim, o ciclista consegue ver e ser visto por outros condutores que se cruzem com ele. O equipamento tem uma bateria interna que pode ser carregada através de uma porta USB.

smarthalo_03

A ligação do SmartHalo ao telemóvel é feita através de uma app para iOS e Android. Esta app é capaz de monitorizar o comportamento do ciclista na estrada, isto é, regista a duração do percurso, a distância, a velocidade máxima, as calorias gastas e a elevação do terreno.

smarthalo_04

A empresa responsável pelo SmartHalo – a CycleLabs – está a angariar fundos na plataforma de crowdfunding Kickstarter para a concretização do produto, que deverá começar a ser entregue a quem já apoiou o projecto em Maio do próximo ano. O produto vai custar 149 dólares, mas no Kickstarter pode custar agora entre 79 e 99 dólares. Já mais de mil pessoas investiram no SmartHalo, que angariou um total de 170 mil dólares.

Os criadores do SmartHalo dizem que já desenvolveram protótipos do seu produto, bem como apps para iOS e Android capazes de funcionar com eles. Mas avisam que transformar o aparelho num produto comercial/de distribuição em massa não é fácil.