Vídeo mostra conflito entre taxistas e Uber à porta do Aeroporto de Lisboa


Em Portugal, o ambiente entre taxistas e Uber está longe de pacífico. Imagens captadas junto ao Aeroporto de Lisboa por um estudante universitário mostram um grupo de taxistas a impedir um veículo UberBLACK, com uma jovem turista no seu interior, de avançar.

Foi Nikita Kaminskyy que gravou o momento e o partilhou no YouTube. Jovem de 20 anos, nascido no sul da Ucrânia, mas a viver em Portugal há mais de uma década, tinha acabado de aterrar em Lisboa vindo da sua terra natal quando presenciou o confronto. “Esta cena foi vergonhosa”, escreveu como comentário ao vídeo que publicou.

De acordo com o relato de Nikita, assim que a jovem entrou no seu UberBLACK, alguns taxistas presentes no local meteram-se à frente do veículo impedindo o seu movimento. Ao mesmo tempo, chamaram a polícia, que se limitou a cumprir a formalidade de identificar o motorista e a passageira do veículo. Na verdade, nada mais os agentes da autoridade podiam fazer. A Uber está legalmente autorizada a operar em Portugal, apesar de existir uma ordem judicial provisória a indicar a sua proibição, na sequência de uma providência cautelar interposta pela ANTRAL, associação que representa os taxistas, em Abril deste ano.

Nikita assistiu a tudo enquanto esperava pelo seu UberBLACK, que chamou “logo após passar as portas de chegadas”, pois não estava disposto a pagar 20 euros por uma viagem que iria custar 7/8”, conforme explica no YouTube [as viagens de táxi a partir do Aeroporto de Lisboa têm, por lei, uma tarifa única de 20 euros]. O estudante universitário foi abordado por um dos taxistas envolvidos no confronto que presenciou, que lhe perguntou se também estava à espera de um Uber. “Respondi afirmativamente e expliquei o porquê da minha decisão”, diz.

A história repetiu-se. As autoridades identificaram Nikita e o seu motorista. “Acho inadmissível isto acontecer, ainda por cima quase todos os dias, segundo a informação que recebi através da Uber e do meu condutor, que já tinha sido identificado no aeroporto com os seus passageiros”, explicou o jovem de 20 anos, estudante de engenharia aeroespacial no Instituto Superior Técnico, ao Shifter.

conflictotaxistasuberlx_02

Nikita relatou o acontecido à Uber, que não tardou a entrar em contacto. “Ligaram-me a perguntar se estava tudo OK e se podiam fazer alguma coisa por mim”, disse. “Ainda recalcularam a minha viagem e, em vez de pagar quase 8 euros, paguei 5.”

Infelizmente, o caso relatado e experienciado por Nikita não é singular. O Shifter sabe de outras situações semelhantes, de conflito entre taxistas e Uber, que aconteceram quer no Aeroporto de Lisboa, quer na restante capital. Enquanto alguns motoristas Uber, por exemplo, evitam parar os seus veículos perto da praça de táxis da zona de chegadas, outros sofreram algumas picardias de taxistas enquanto circulavam calmamente na cidade.

A Uber é uma empresa que, em Portugal, não opera um serviço de transporte, mas sim uma app que liga motoristas a passageiros. Apesar de existirem muitos mais táxis que Ubers nas ruas portuguesas, a ANTRAL tem tentado de tudo para travar a multinacional norte-americana. Para 8 de Setembro, agendou protestos nas ruas.