Depois de Monomania, Deerhunter anunciam Fading Frontier


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Na passada sexta-feira, os Deerhunter transformaram o seu site numa contagem decrescente, a indicar que algo aconteceria ontem, dia 16, às 23 horas — dia 17 às 4 manhã, em Portugal.

A contagem já chegou ao fim e, à partida, as notícias não eram as mais excitantes. Não se tratava de um anúncio oficial de um novo álbum, nem de um lançamento de um novo single ou do respectivo videoclip. Serviu apenas para anunciar que Bradford Cox, vocalista da banda, estaria, a partir do momento em que o relógio chegasse aos zero, à frente do microfone de uma estação de rádio norte-americana, sendo encarregue por toda a sua programação durante as duas horas seguintes. A emissão foi transmitida em stream, e para ter acesso a ela era necessário clicar no quadro de Jesus que se vê na fotografia, que serve de fundo a toda a homepage do site, e que começou a piscar assim que a contagem terminou.

Também o cão presente na fotografia é clicável. Este leva-nos até uma segunda página, denominada Faulkner, onde vemos um gif de uma cara cinzenta a transformar-se num cão. Ainda não há ainda qualquer informação em relação ao que isto pode significar.

No entanto, as verdadeiras boas notícias só chegaram depois, quando as especulações feitas em torno de um novo álbum se tornaram verdadeiras. Durante o programa de rádio, Bradford anunciou que o próximo álbum de Deerhunter se chamará Fading Frontier e que tem lançamento previsto para 16 de Outubro. “Snakeskin”, o primeiro single, que já conta com um videoclip que podes ver em baixo, também foi revelado. Fading Frontier é o álbum que sucede Monomania, apresentado ao vivo em Portugal no NOS Primavera Sound, em 2013, e é o primeiro álbum desde que o vocalista foi hospitalizado em estado grave, em Dezembro do ano passado, após ter sido atropelado.

 

Fading Frontier:

1. “All The Same”
2. “Living My Life”
3. “Breaker”
4. “Duplex Planet”
5. “Take Care”
6. “Leather and Wood”
7. “Snakeskin ”
8. “Ad Astra”
9. “Carrion”

 

 

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!