O site da Apple é agora, todo ele, uma enorme loja online


Durante quase duas décadas, o site da Apple esteve separado em duas grandes áreas: uma elegante montra com todos os produtos e uma loja online, que se tornou, entretanto, numa das mais visitadas do mundo. Agora, a tecnológica decidiu mudar o esquema. Transformou o apple.com numa gigante loja, onde podemos saber mais sobre os produtos e comprá-los.

O subdomínio shop.apple.com foi descontinuado e o separador “Store” desapareceu do menu (recentemente, este menu também perdeu a secção “iPod”).

novaapplestore_02

Agora, quando navegamos nas áreas “Mac”, “iPad”, “iPhone” e “Watch”, temos nos submenus todos os modelos existentes para cada produto. Por exemplo, quando entramos no espaço do iPhone, encontramos logo o “iPhone 6”, o “iPhone 5S” e o “iPhone 5C”. Enquanto que para o iPhone 6 temos uma página dedicada a explicar o produto, para os modelos anteriores somos redireccionados de imediato para a página de compra, apenas com um breve descrição.

No fundo, agora a experiência de saber mais sobre produtos e a experiência de compra são uma só e estão inteligentemente bem integradas.

novaapplestore_03

“Redesenhámos o Apple.com sabendo que os consumidores querem explorar, pesquisar e comprar num só sítio”, disse um representante da Apple em comunicado, citado pelo TechCrunch. “O novo Apple.com reúne o melhor do nosso existente site e da nossa loja online para dar aos consumidores um destino único para saber e comprar sem ter de navegar entre dois sítios diferentes. Melhorámos várias funcionalidades do site para tornar as compras mais fáceis que nunca para os nossos consumidores.”

Mais de um mil milhões de consumidores visitam a loja online todos os anos, nos 40 países em que está disponível. O apple.com é pensado ao milímetro. As mudanças agora feitas são uma resposta também ao crescimento das plataformas móveis, onde, por exemplo, mudar para o separador “Store” não é tão prático como num computador.

Experimenta o novo site da Apple aqui. Também está disponível em Portugal.