Siza Vieira vai-se estrear nos Estados Unidos da América com uma torre em Manhattan


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O arquitecto português Álvaro Siza Vieira foi comissionado para desenhar uma torre de luxo na cidade de Nova Iorque. É o primeiro projecto do português em solo norte-americano. Foi a firma Sumaida + Khurana que anunciou o contrato celebrado com o arquitecto de 81 anos para uma torre de 35 andares chamada 611 West 56th Street.

Programada para ser erguida no lado Oeste de Manhattan, a torre vai ser vizinha do West 57th apartment building, criado pelo Bjarke Ingels Group, ainda está em construção. Siza é o vencedor do Prémio Pritzker de 1992 e já desenhou prédios um pouco por todo o mundo, incluindo na América do Sul, mas nunca nos Estados Unidos da América.

“Álvaro Siza é um mestre lendário da arquitectura, tendo desenhado alguns dos mais icónicos edifícios do século passado,” disse Amit Khurana, sócio fundador da Sumaida + Khurana. “Estamos honrados por trabalhar com ele no seu prémio prédio nos Estados Unidos e que acreditamos que vai ser um projecto seminal, capaz de capturar a elegância e profunda subtileza que está no cerne do seu corpo de trabalho.”

Com o tamanho total de 15,000 metros quadrados, a torre vai ter perto de 80 unidades, cada uma delas contendo entre um a quatro quartos. Com uma altura planeada de 128 metros, vai ter diversas acessibilidades como piscina, ginásio, cinema, jardim no último piso e vários terraços privados. Se conseguirem todas as autorizações necessárias para um projecto desta dimensão sem imprevistos, a construção deve começar em Maio de 2016. As imagens do projecto vão ser partilhadas ainda este ano. Acredita-se que será um destaque no boom de condominios de luxo que acontece em Manhattan.

Nos projectos recentes de Siza Vieira contam-se uma sede enrolada no meio de um lago na China e a transformação da casa de chá Boa Nova perto do seu local de nascimento.

 

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!