A BlackBerry estava há muito a tentar dizer-nos que vai lançar um telemóvel Android


BlackBerry telemóvel Android

Foram meses de especulação e leaks, agora é oficial. A BlackBerry vai lançar o seu primeiro telemóvel Android. Trata-se de um ponto de viragem interessante para uma empresa que, recorde-se, entrou nos últimos anos em crise com o seu ecossistema de software e hardware.

Durante a apresentação dos resultados do segundo trimestre, que aconteceu esta semana, a fabricante canadiana disse que tem “planos para lançar um equipamento móvel de topo que corra o sistema operativo Android com a segurança da BlackBerry. A BlackBerry está “focada em fazer progressos rápidos para alcançar a rentabilidade do seu negócio móvel”.

O equipamento vai chamar-se Priv, confirmou a empresa, depois de múltiplos rumores a apontarem para Venice. O nome Priv é obviamente referir a privacidade, uma área na qual a BlackBerry tem uma enorme reputação (basta perguntar a Obama). “Estou a confirmar que temos planos para lançar o Priv, um telemóvel Android denominado depois da herança e missão da BlackBerry de proteger a privacidade dos nossos consumidores”, disse o CEO John Chen.

blackberryprivleaks_02

“O Priv contém o melhor que a BlackBerry tem em segurança e produtividade com o vasto ecossistema disponível na plataforma Android”, acrescentou o executivo. No fundo, a BlackBerry parece ter feito uma espécie de auto-avaliação e percebido que aquilo em que é mesmo boa, a sua vantagem competitiva é a segurança que oferece aos profissionais e não fazer sistemas operativos.

Ainda assim, o lançamento deste primeiro Android não significa que a BlackBerry está a desistir do seu sistema operativo. A empresa referiu que vai continuar a trabalhar no BlackBerry 10 e disse que a sua plataforma vai continuar a receber actualizações.

O rumores em relação a um telemóvel Android começaram quando a própria BlackBerry mostrou, no MWC, no início de Março, um misterioso telemóvel com teclado.

A firma canadiana disse que o Priv vai chegar até final deste ano. Terá um ecrã táctil que desliza horizontalmente e se transforma num teclado físico, conforme a BlackBerry já nos mostrou. Esse ecrã é curvo, uma inspiração da BlackBerry no Galaxy S6 Edge da Samsung.

blackberryprivleaks_03

Com a BlackBerry a já suportar telemóveis Android com a sua plataforma de segurança empresarial BES12, a empresa diz que o telemóvel com o sistema operativo da Google vai ser dirigido à relativa fatia do mercado profissional que se preocupa com a segurança.

As novidades da BlackBerry surgem numa altura em que se fala que a Nokia (sim, a parte que não foi para a Microsoft) está a trabalhar em novos Androids, com fotos de um Nokia C1 a circularem. Se te dissessem em 2007 que a BlackBerry e a Nokia ia fazer telemóveis Android, certamente que não irias acreditar.