iPad Pro é um monstruoso tablet de 12,9 polegadas


iPad Pro tablet

“A maior notícia sobre o iPad desde o iPad.” Foi desta forma que Tim Cook introduziu o iPad Pro, durante a keynote desta quarta-feira. Depois de meses e meses de rumores e especulação, o tablet de 12,9 polegadas da Apple, destinado ao mercado profissional, finalmente chegou.

O iPad Pro é monstruoso. Tem um ecrã de 12,9 polegadas, que é quase tão grande como o do MacBook Pro mais barato (13 polegadas). No entanto, o iPad Pro tem mais pixels: são 5,6 milhões ao todo. Ligeiramente mais grosso que o iPad Air (6,9 mm em vez de 6,1), o novo tablet tem um processador A9X de 64-bit, que a Apple diz ser 1,8 vezes mais rápido que os chips anteriores e mais rápido que o de muitos portáteis do mercado.

O chip é uma peça fundamental neste iPad Pro, ao conferir rapidez na maior parte das tarefas.  O iPad Pro vem ainda com quatro colunas, uma em cada canto, uma bateria capaz de durar 10 horas, Touch ID e uma câmara traseira de 8 megapixels.

Obviamente que o iPad Pro tira partido das funcionalidades de multi-tasking do iOS 9 (como duas apps a correr em simultâneo). O ecrã maior possibilita um teclado virtual com mais teclas, mas a Apple criou uma alternativa para quem prefere a eficiência de um teclado físico.

ipadpro_02

O Smart Keyboard é uma capa para o iPad Pro que traz um teclado incorporado, tornando o tablet da Apple extremamente parecido com o Microsoft Surface. E como se esta parecença já não fosse suficiente, a Apple apresentou mais um acessório: uma caneta chamada Apple Pencil.

A Apple Pencil parece incrível e mal podemos esperar para vê-la na mão de ilustradores e designers. Durante a keynote, a Microsoft (quem diria) e a Adobe mostraram algumas utilidades para a nova caneta; agora falta outros programadores adaptarem as suas apps.

ipadpro_03

O preço do iPad Pro é de 799 dólares para a versão wi-fi de 32 GB, e de 949 dólares para a versão wi-fi de 128 GB. Vai existir ainda um modelo wi-fi com 4G/LTE de 128 GB por 1079 dólares.Mais: o Smart Keyboard custará 169 dólares e pelo Apple Pencil terás de pagar 99 dólares. Quando as cores, o novo iPad estará disponível em cinzento escuro, dourado e prateado. Os novos tablets começam a chegar ao mercado a partir de Novembro.

ipadpro_04

O iPad Pro surge num contexto negativo para a Apple. Dados da própria empresa indicam que vendeu 10 931 iPads no segundo trimestre deste ano, uma queda anual de 18% e menos 13% do que no trimestre anterior. Esta tendência de queda é geral para o mercado de tablets, que encolheu  7% no trimestre passado, face ao mesmo período de 2014.

Depois de apresentado o iPad Pro, a Apple aproveitou o palco para dizer que há um novo iPad Mini, é a quarta geração. Este iPad Mini 4 completa com o iPad Air, o iPad Air 2, o iPad Mini 2 e o iPad Pro a actual família de tablets da Apple.

ipadpro_05