Este é o sistema operativo que o governo chinês quer adoptar em vez do Windows


NeoKylin sistema operativo governo chinês

Em Janeiro, aquando do confuso lançamento do filme The Interview, mostrámos-te o sistema operativo da Coreia do Norte que reflecte o isolamento daquele país. Agora, revelamos-te um sistema operativo que o governo chinês quer adoptar; chama-se NeoKylin.

O Windows é o sistema operativo da China, mas o governo está a incentivar o país a trocar para um sistema operativo doméstico. O NeoKylin é o mais popular e foi aquele que o site Quartz teve oportunidade de experimentar.

O NeoKylin é desenvolvido pela empresa China Standard Software, sediada em Shanghai. Enquanto que a Coreia do Norte se inspirou no OS X, os chineses pensaram no Windows XP – um sistema operativo ainda muito usado na China.

O fim do suporte para Windows XP pela Microsoft e a estratégia do governo de tornar o seu país cada vez menos dependente tecnologicamente do estrangeiro são dois motivos pelos quais os representantes daquele país querem a massificação de sistemas operativos como o NeoKylin.

neokylin_02

Toda a cidade de Siping adoptou o NeoKylin. E cerca de 40% dos computadores vendidos pela Dell na China têm este sistema operativo instalado, segundo a empresa. Atenção que um computador Dell vir com NeoKylin não significa necessariamente um utilizador do NeoKylin, pois o sistema operativo pode ser substituído por uma versão pirada do antigo Windows.

O Quartz instalou uma “versão comunitária” do NeoKylin 6.0, disponível no website da China Standard Software. Esta versão não é igual à comercializada nos computadores Dell, mas é igualmente baseada no XP; as diferenças são mínimas.

neokylin_03

O NeoKylin é mesmo muito parecido com o Windows XP, basta olhar para as cores, os ícones das pastas, o botão Start, as terminologias, os botões de minimizar/maximizar/fechar janelas… Ainda assim, é possível mudar o tema do computador para um design mais exclusivo do NeoKylin.

neokylin_04

No sistema operativo vêm pré-instaladas apenas algumas apps: o Firefox para navegar na web, um leitor de música, o software de edição de imagem GIMP, uma calculadora e mais alguns. O “Office” do NeoKylin chama-se NeoShine, tem 3 apps (um “Word”, um “Excel” e um “PowerPoint”) e é também desenvolvido pela China Standard Software. A instalação de novas apps está bloqueada neste sistema operativo chinês, apesar de existirem formas de contornar.

O Quartz refere que, se o que a China Standard Software queria era criar um substituto para o Windows XP, então conseguiu-o. Apesar das semelhanças com o software da Microsoft, o NeoKylin é baseado em Linux, o sistema operativo open-source.