Tu pediste um botão “dislike”, o Facebook ouviu-te


dislike
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Mark Zuckerberg sempre rejeitou a ideia de o Facebook lançar um botão “dislike”, porque tal iria prejudicar a experiência na rede social. Contudo, o Facebook quer dar aos seus utilizadores a possibilidade de exprimirem emoções e sentimentos que, através do actual botão Like, não conseguem. Nesse sentido, Zuckerberg e a sua equipa têm estado a trabalhar num um botão de emojis.

O Facebook decidiu baptizar este botão de emojis de Reactions e diz que ele é uma extensão do botão Like. O botão Reactions começou hoje a ser testado na Irlanda e em Espanha; inclui 7 reacções possíveis: o convencional “like”, um “love”, um “haha”, um “yay”, um “wow”, um “sad” e um “angry”.

testefbreactions_02

O Facebook reforça que não é um botão “dislike”, mas uma forma mais abrangente de resolver o problema associado ao “dislike”. Tal como Zuckerberg defendeu, aquilo que os utilizadores querem não é um sistema semelhante ao do Reddit, em que conteúdo votado positivamente sobe no feed e conteúdo votado negativamente desce no feed. Querem, sim, expressar empatia, porque nem todos são bons momentos.

O botão Reactions pode ser accionado pressionando o Like com mais força. Está disponível em desktop e mobile e pode ser usado em perfis, páginas, grupos, anúncios… O Facebook diz que vai recolher feedback dos utilizadores espanhóis e irlandeses para melhorar o produto, antes de o lançar globalmente.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!