L16: Esta câmara são, na verdade, 16 câmaras diferentes ao mesmo tempo


L16

Como? Parece-te esquisito? Mas é mesmo o que leste: a startup americana Light lançou a L16, uma câmara que se destaca por contar com 16 lentes diferentes e fotografar com 10 ao mesmo tempo, cada uma com diferentes distâncias focais.

O resultado final é um compósito de todas as imagens combinadas, com uma resolução final de 52megapixel. Deste modo, o utilizador pode depois ajustar o foco, a exposição e a profundidade de campo. A L16 tem ainda zoom óptico entre 35 e 150mm, filma a 4K, tem ligação Wi-Fi, sistema Android e um ecrã sensível ao toque de 5 polegadas.

lightl16_02

lightl16_03

lightl16_04

Esta é uma câmara que foge totalmente à imagem que temos de uma câmara fotográfica, que passa sempre por um rectângulo com lentes, botões e um ecrã. A L16 é um rectângulo preto com um ecrã, formato que se assemelha ao de um smartphone, mas com 16 lentes diferentes.

Derivada da necessidade cada vez maior de equipar os smartphones com câmaras de melhor qualidade, o fundador Rajiv Laroia chama-a de “revolução silenciosa” no mundo da fotografia. A Light encara a L16 como uma substituição da tua DSLR. Por agora, é uma experiência que podes pré-encomendar agora por 1 140 euros (1 299 dólares) e que não chegará antes do final do Verão de 2016.

Eis algumas fotos produzidas com a L16:

lightl16_06

lightl16_05

Por detrás de cada uma destas lentes de plástico, está um módulo de câmara de 13megapixel, cada um agrupado em três distâncias focais diferentes. Há cinco módulos de 35 mm, cinco dos quais da versão 70 mm, e seis de 150 mm. De forma a que tudo encaixe, os módulos maiores de 70 mm e 150 mm utilizam o que é conhecido por “lentes dobradas”, onde um espelho está virado para fora e as ópticas e sensores estão perpendiculares à direcção que fotografas.

A startup Light diz que esta abordagem de fotografia computacional deve criar melhores imagens em condições de pouca luz, assim como reduzir o ruído digital, dois problemas persistentes na fotografia digital. Para além disso, dá mais controlo ao utilizador no momento de edição, através de possibilidades como ajustar o foco após disparar.