Inkmapping: tatuagens que se transformam em GIFs


Inkmapping

O conceito de tatuagem animada coloca-nos logo curiosos. E se a tinta preta esculpida na nossa pele pudesse de repente materializar-se numa imagem em movimento? Bem, fica a conhecer o inkmapping, uma nova “técnica” nascida em Portugal pela dupla artística Oskar & Gaspar.

O duo Oskar & Gaspar tem alguns anos de projection mapping, método que permite que qualquer superfície, mesmo a mais irregular, possa ser transformada numa tela vídeo dinâmica. São criadas ilusões de ótica e noções de movimento em objetos estáticos. Os jogos de luzes destacam as formas e criam noções de movimento.

Oskar & Gaspar criou projecções em edifícios e cenários de televisão, assim como na cara humana – trabalhos que lhes valeram vários prémios nacionais e internacionais. Em particular, o colectivo criou o primeiro “face video mapping” mundial, colaborou com David Guetta para o videoclip do single “I Can Only Imagine” e desenvolveu projectos para a Samsung, a BBC, a MTV, a SIC, a Heineken ou o BPI.

Agora, a convite da marca de cerveja Desperados, o colectivo Oskar&Gaspar aplicou a técnica de projection mapping nas tatuagens, dando vida ao trabalho dos tatuadores Eduardo Cavellucci e Igor Gama, dois dos mais prestigiados ao nível nacional.

desperadosinkmapping_gif1

desperadosinkmapping_gif2

desperadosinkmapping_gif3

desperadosinkmapping_gif4

A obra de Oskar & Gaspar foi realizada na Taberna das Almas, em Lisboa, com a presença especial de Discordia, uma das várias portuguesas que fazem parte do site internacional Suicide Girls, que reúne milhares de visualizações em todo o mundo.

DJ Ride & Holly marcaram o ritmo ao som de “Love Live”, música original produzida para o vídeo que regista a acção e que já foi destacado no staff picks do Vimeo.