A pesquisa do Facebook está melhor que nunca


pesquisa do Facebook
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Quer seja para encontrares aquela rapariga da festa da noite passada ou aquela página de notícias de que te falaram, certamente já terás contado para a estatística de 1,5 mil milhões de pesquisas feitas no Facebook diariamente. Com um número tão alto, é natural que Mark Zuckerberg pretenda dar cada vez mais destaque a esta opção com novas e melhores funcionalidades. O Facebook está cada vez mais a absorver o que de melhor oferecerem outros sites como o Google e o Twitter.

Imagina esta situação completamente aleatória: o Benfica perde por 3-0 contra o Sporting em pleno Estádio da Luz. Para onde é que muitas pessoas vão? Facebook. Quer seja para saber as reações dos seus amigos, para dar o seu próprio bitaite sobre o jogo ou até mesmo para procurar notícias de declarações e estatísticas, muitas pessoas descartam já ir directamente aos sites de notícias desportivas e utilizar antes a rede social como meio de chegar às informações pretendidas.

O Facebook sabe disto e, por isso, a caixa de pesquisa da rede social está melhor do que nunca. Agora, a partir do momento em que começas a escrever, aparecem em tempo real sugestões que vão ao encontro do que pretendes. Os resultados podem conter tanto páginas públicas e eventos, como mesmo posts dos teus amigos relacionados com determinadas palavras-chave. Para além disso, existe ainda a opção pull-to-refresh, como se os resultados estivessem dispostos numa timeline que é actualizada quando quiseres.

fbsearchmelhorquenunca_02

Para além disso, o Facebook introduziu uma funcionalidade para quem gosta de dar sempre a opinião sobre os assuntos na ordem do dia. Quando pesquisas, por exemplo, por “Benfica”, nos resultados vais também encontrar posts de páginas públicas (geralmente de meios de comunicação) onde estão a ser geradas longas discussões, para que possas tu também deixar a tua mensagem ou simplesmente ler as reações a um determinado assunto.

São estes pequenos detalhes que tornam o Facebook numa rede social cada vez mais versátil e “amiga” do utilizador. Mais do que atirar-te com publicidade, Mark Zuckerberg que também promover a interação entre páginas e perfis e chegar a um ponto em que quase não precises de mais nenhuma outra fonte para chegares às informações que queres encontrar.

O Shifter precisa de cerca de 1600 euros em contribuições mensais recorrentes para assegurar o salário aos seus 2 editores. O teu apoio é fundamental!