Surface Book: um PC que parece saído dos teus sonhos


A conferência da Microsoft que aconteceu esta terça-feira deu pano para mangas na comunicação social. Para além de novidades nos sectores da realidade aumentada, dos dispositivos móveis e dos wearables, a gigante de Redmond anunciou também um novo computador portátil que mais parece um conceito do que propriamente um produto real. Mas sim, ele existe e chama-se Surface Book.

A Microsoft mandou um enorme “fuck you” à Apple, depois de esta ter apresentado o iPad Pro, um equipamento claramente inspirado no sucesso do Surface. O novo Surface Book é um computador portátil que é um tablet e um tablet que é um computador portátil. É insano!

Até mesmo o pessoal da divisão da Xbox foi chamado ao serviço para ajudar no desenho do Surface Book. À primeira vista, o seu design espanta tudo e todos – não só por se assemelhar a um MacBook (para além do nome), mas também pela sua forma de abertura, dando a ideia de que tudo consiste numa peça só.

surfacebook_02

surfacebook_03

Contudo, o computador portátil que estás as ver pode também transformar-se num tablet, tornando esta numa das melhores opções de híbridos com Windows. Qual foi o espanto de todos os que assistiam à conferência da Microsoft quando viram o ecrã deste Surface Book a separar-se do respectivo teclado!

O ecrã tem 13,5 polegadas e está protegido por um vidro Gorilla Glass 4; as seis milhões de cores e a resolução de 3000×2000 pixels (ou seja, uma densidade de 267 ppi) prometem dar a maior sensação de realidade possível, conforme prometeu a Microsoft no evento de imprensa.

surfacebook_04

De resto, no seu interior está uma placa gráfica GeForce, da Nvidia, com uma memória GDD5. Para além disso existe ainda uma memória RAM expansível até 16 GB, e um disco interno de 1TB, para além do processador Intel i5 ou i7 (dependendo da configuração) de 6ª geração, que promete dar conta das tarefas mais duras. Tudo isto “suportado” por uma bateria que, diz a Microsoft, tem uma autonomia de até 12 horas e é carregada através de um das duas entradas USB Tipo-C existentes.

surfacebook_05

O truque do Surface Book é que todos os seus componentes, excepto, a placa gráfica da Nvidia, estão no ecrã. Assim, quando o Surface Book está a ser usado como tablet, faz uso dos gráficos Intel HD Graphics 520, mas quando o teclado está acoplado o processador é feito pelo chip da Nvidia para maior potência.

surfacebook_06

O Surface Book não compete com o iPad Pro, nem com o Chromebook Pixel C. Compete com o MacBook Pro, com os portáteis da Lenovo, etc. A Microsoft diz, aliás, que o Surface Book é duas vezes mais rápido que o MacBook Pro de 13 polegadas da Apple.

Com duas portas USB 3.0 e leitor para cartões SD, o Surface Book é todo ele feito em magnésio, estando disponível apenas em prateado. O trackpad é em vidro. O equipamento é leve e, tal como um Surface normal, pode ser usado com uma caneta.

surfacebook_07

O preço de venda do Surface Book começa nos 1500 dólares e as pré-reservas podem já ser feitas a partir de amanhã, ainda que o produto apenas esteja à venda a partir de 26 de Outubro.