Está a nascer um “pequeno YouTube” dentro do Facebook


 

A aposta do Facebook no vídeo é séria e prova disso são as alterações que a empresa está a fazer à sua app. Em breve, o botão das mensagens poderá ser substituído por um de vídeos, mas há mais testes que o Facebook está a fazer para concorrer com o YouTube.

Há cada vez mais vídeos no Facebook e, por isso, é preciso optimizar a experiência de visualização e partilha. As marcas estão a carregar os seus anúncios directamente para a rede social, em vez de usarem um link do YouTube. Os media têm apostado no vídeo como forma de contar as suas histórias. As figuras públicas estão a fazer livestreams. E o vídeo 360º está apenas no seu início. A tudo isto, juntam-se as questões técnicas, como o auto-play, que permite que quem esteja a percorrer o News Feed tenha um preview dos vídeos que lhe aparecem.

Agora, o Facebook está a criar uma espécie de “News Feed de vídeos” dentro do actual News Feed. Quando clicas para ver um vídeo, há uma nova interface que te aparece com esse vídeo e outros relacionados: basta um scroll down para veres o conteúdo relacionado ou, em alternativa, esperas que o vídeo termine e o seguinte vai automaticamente começar a ser reproduzido como se de uma playlist se tratasse.

Os vídeos relacionados (ou sugeridos, como preferires chamar-lhes) aparecem-te não só no iOS, como na web (com outro aspecto, claro); em breve, o teste vai ser alargado ao Android.

Outra experiência que a rede social está a fazer prende-se com a possibilidade de ver vídeos num pop-up, enquanto se navega no News Feed, discute-se num grupo ou actualiza-se o perfil. Os pop-ups podem ser movidos no ecrã do telemóvel para um sítio que dê mais jeito ao utilizador. Já vimos isto funcionar no iPhone, mas também no computador, através do browser Safari.

youtubedentrofacebook_02

Por outro lado, guardar vídeos para ver mais tarde vai passar a ser mais fácil com um novo botão por cima do próprio vídeo. Basta um toque e o conteúdo fica guardado na tua lista Saved do Facebook.

Por fim, o Facebook está a testar um novo separador na sua app só para vídeos. Pretende ser uma espécie de hub para os vídeos dos amigos, das páginas que segues e das figuras públicas de quem és fã. Os conteúdos que arquivaste para mais tarde também vão estar nessa nova secção, disponível na parte debaixo da app para iPhone e no menu lateral na web.

Esta é uma experiência mais restrita que o Facebook está a fazer, pelo que é possível que não vejas o novo hub no teu Facebook. Sabe-se que a rede social tem testado outros substitutos para o separador de mensagens na sua app. Alguns utilizadores estão reportar um separador para os grupos, com o botão das mensagens a mudar-se para o topo da app, junto ao campo de pesquisa.

Simultaneamente, o Facebook tem trabalhado em ferramentas para as páginas. Que novas ferramentas são essas? Em primeiro lugar, a possibilidade de publicar vídeos secretos. Esta funcionalidade é semelhante à opção de vídeos não listados do YouTube e permite basicamente aos gestores e páginas partilharem vídeos que só estão acessíveis através do seu link directo. Isto é útil quando se quer armazenar um vídeo no Facebook para depois o incorporar num website externo, sem o mostrar no separador de vídeos ou em qualquer outro sítio na rede social.

Mas há mais novidades que vão agradar a quem gere páginas no Facebook:

  • restringir a audiência que pode ver um vídeo por idade e género (restrições por localização e língua já estavam disponíveis);
  • adicionar thumbnails personalizados ao vídeo;
  • identificar a categoria do vídeo (Entretenimento, Notícias…);
  • impedir que o vídeo seja incorporado em sites externos por terceiros;
  • publicar o vídeo directamente no separador de vídeos da página, sem o distribuir no News Feed ou na Timeline da página;
  • adicionar uma data para o vídeo ser automaticamente eliminado (as estatísticas do vídeo ficam visíveis mesmo depois de este ter desaparecido).

Os gestores de páginas ganharam ainda uma forma fácil de organizar e actualizar os seus vídeos. O Video Library lista todos os vídeos da página e permite, por exemplo, saber todos os vídeos com mais de 10 mil visualizações ou ainda editar vários vídeos ao mesmo tempo.

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.