Jeff Buckley: disco de inéditos preparado para Março de 2016


Jeff Buckley disco
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

18 anos após a sua morte, Jeffrey Scott Buckley vai ter um acrescento especial ao seu enorme legado. Apesar de ter apenas um álbum de originais editado em vida, o norte americano conta com mais de 10 discos editados entre 94 e 2013. You & I é o nome do novo disco, será editado em Março do próximo ano e está repleto de surpresas e inéditos.

Às versões nunca antes ouvidas de The Smiths, Bob Dylan ou Led Zeppelin juntam-se outras faixas como: “Dream of You and I”, um inédito absoluto, uma versão alternativa de “Grace” e o single de apresentação do disco “Everyday People”, um cover de Sly and The Family Stone.

Os temas do disco foram gravados num estúdio nova iorquino em Fevereiro de 1993, um ano antes de Grace ser lançado, e só agora foram descobertos por ocasião dos preparativos do 20º aniversário do mítico álbum. Segundo Adam Block, presidente da Sony Legacy, responsável pela edição de You & I, “estas canções oferecem uma perspectiva incrível e rara de um artista sozinho no espaço sagrado que é o seu estúdio. As performances têm um intimismo e uma honestidade de cortar a respiração.”

Jeff Buckley morreu a 29 de Maio de 1997, aos 30 anos de idade, numa extensão do rio Mississipi em Memphis, no estado norte-americano Tennessee. O músico desapareceu na água enquanto cantava o refrão da “Whole Lotta Love” de Led Zeppelin.

A pré encomenda do disco já está disponível através do iTunes e da Amazon.

You & I:

  1. “Just Like a Woman” (Bob Dylan)
  2. “Everyday People” (Sly & the Family Stone)
  3. “Don’t Let the Sun Catch You Cryin’” (Louis Jordan)
  4. “Grace” (original)
  5. “Calling You” (Jevetta Steele)
  6. “Dream Of You and I” (original)
  7. “The Boy With the Thorn In His Side” (The Smiths)
  8. “Poor Boy Long Way From Home” (tradicional blues, versão de Bukka White)
  9. “Night Flight” (Led Zeppelin)
  10. “I Know It’s Over” (the Smiths)
Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!