Moto X Force é um telemóvel com um ecrã MUITO resistente


Moto X Force

Nos Estados Unidos chama-se DROID Turbo 2. No resto do mundo é mais conhecido por Moto X Force. Seja qual for o nome, estamos a falar do mesmo produto: um telemóvel com um ecrã de 5,4 polegadas e resolução Quad HD, um processador octa-core Snapdragon 810 de 2.0 GHz, uma boa câmara traseira de 21 megapixels, até 2 TB de armazenamento com cartão microSD, 48 horas de bateria e carregamento super-rápido (aka 13 horas de bateria em 15 minutos).

Mas o mais impressionante no Moto X Force é a resistência do seu ecrã: graças a 5 camadas de materiais capazes de absorver o choque de impacto e que garantidamente não quebram, o telemóvel pode cair sem partir. E todos nós já vimos o nosso telemóvel ir parar ao chão… Acontece aos melhores…

A verdade é que os smartphones são muito frágeis, o que é um bocado contra-senso dado que andamos sempre com eles, correndo o risco de a qualquer momento deixar cai-los. A Motorola cita que mais de metade dos donos de smartphones (53%) quebraram os seus ecrãs, e 1 em cada 5 (21%) estão a usar um telemóvel com ecrã partido.

motoxforce_02

A Motorola, que desde cedo tem uma posição disruptiva no mercado, criou o Moto ShatterShield, um tipo de ecrã composto por 5 camadas que evitam quebras. Tudo começa com um núcleo rígido de alumínio que proporciona integridade estrutural e durabilidade. Por cima, existe um ecrã AMOLED flexível. Segue-se uma camada que procura garantir que o ecrã continua táctil apesar de eventuais quedas. O próximo nível é um escudo anti-quebras. Por fim, existe uma lente exterior que ajuda a proteger o ecrã contra o desgaste normal.

Em suma, de acordo com a Motorola, o Moto ShatterShield confere ao telemóvel protecção e durabilidade. Podes saber mais sobre esta tecnologia neste vídeo:

A versão de 32 GB do Moto X Force vai estar disponível em Portugal por 719,99 euros, segundo a loja online da Orange. No Reino Unido, o mesmo telemóvel custa 499 libras – a versão de 64 GB fica-se pelas 534 libras. Nos Estados Unidos, onde é conhecido por DROID Turbo 2, o equipamento vai ser vendido por 26 dólares/mês ou 30 dólares/mês, dependendo da versão, com um contrato de 2 anos com a operadora Verizon.

À semelhança dos outros equipamentos da Motorola, o Moto X Force/DROID Turbo 2 pode ser personalizado através da ferramenta Moto Maker e tem Android 5.0 Lollipop, com actualização para Android 6.0 Marshmallow garantida.