O smartwatch da Tag Heuer, que não parece um smartwatch


smartwatch da Tag Heuer
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Depois de meses de espera, especulação e de mais espera, eis que chega finalmente o produto que marca a entrada da luxuosa Tag Heuer no mundo dos smartwatches. O Carrera Connected foi anunciado, tal como prometido, nesta segunda feita e vem equipado com um processador atom e Android Wear, resultado da parceria da Google com a marca suíça.

Para além da Tag Heuer e da gigante das buscas, a Intel foi também uma das marcas envolvidas no processo de fabrico. Apresentado num evento em Nova Iorque, o ecrã do relógio é tátil e tem uma dimensão de 46 mm, havendo vários mostradores exclusivos à disposição com a marca Tag Heuer Carrera. Para complementar a aparência de luxo há ainda seis braceletes à disposição do comprador.

E por falar em comprar, o preço é algo que elimina uma esmagadora parte de possíveis clientes, já que nem todos têm a possibilidade de gastar 1500 dólares num smartwatch, especialmente quando existem tantas opções no mercado que oferecem as mesmas funcionalidades por bem menos. O Carrera Connected é à prova de água e tem uma bateria capaz de aguentar até 20 horas.

Compatível com iOS (a partir do 8.2) e Android (a partir do 4.3), o novo relógio inteligente da Tag Heuer vai chegar a alguns lojas em países como Japão e Reino Unido nos próximos dias. Ainda não há perspetiva da sua chegada a Portugal.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!