Otis Johnson passou 44 anos na prisão e foi assim que viu o mundo quando saiu


Foram 44 os anos em que Otis Johnson esteve encarcerado no espaço que as grades da prisão lhe delimitavam. Em 1975, com 25 anos, foi preso por tentativa de homicídio de um polícia e apenas em Agosto de 2014 foi libertado. Em 2015, agora com 70 anos de idade, Otis fala do que sentiu quando se deparou com um mundo completamente diferente daquele que tinha deixado.

E se há coisa que salta claramente à vista é a confusão que após um ano ainda paira na cabeça de Otis Johnson. As rotinas são-lhe estranhas. As pessoas passeiam-se com fios nos ouvidos, já ninguém usa cabines telefónicas e as prateleiras dos supermercados enchem-se de coisas diferentes e coloridas. A prisão foi para Otis uma máquina do tempo na qual viajou para 44 anos adiante e que não lhe permitiu assistir à revolução tecnológica. Os seus dias são agora passados na rua, deambulando em exploração daquilo que se fez quando não esteve.

Uma peça da Al-Jazeera que podes ver na íntegra aqui.

Texto de: André Cabral
Editado por: Mário Rui André