‘Ronaldo’: mais que um jogador, um pai


Ronaldo
 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Cristiano Ronaldo, para muitos o maior astro do futebol português de todos os tempos, inaugurou nesta segunda-feira Ronaldo, o seu filme documental biográfico. O filme esteve disponível nesse dia nas salas de cinema portuguesas, podendo agora ser visto nos videoclubes das operadoras.

Acompanhando a vida do craque durante 14 meses, este filme leva-nos aos bastidores de alguns dos momentos mais marcantes da vida de Cristiano Ronaldo e abre-nos as portas de sua casa para nos mostrar o seu ninho e as suas relações mais íntimas.

ronaldo_02

Tivemos a oportunidade de ver Ronaldo, e o poster do filme descreve-o com precisão: surpreendente, íntimo e definitivo. Realizado por Anthony Wonke, nome já muito conhecido no estilo do cinema documental, esta longa-metragem mostra-nos o que ainda não vimos. Se por um lado todos nos reconhecemos Cristiano Ronaldo como o melhor jogador português da actualidade – e para muitos o melhor de sempre –, o que não conhecíamos era o privado, e este filme mostra-nos o que Ronaldo é, para além do futebol.

ronaldo_03

Em termos técnicos o filme não se destaca (não tem nada que o torne um grande filme, mesmo dentro do género em que se insere), destaca-se por mostrar ao mundo a humildade e o carinho que o craque nutre pela família e amigos. Desmitificando as maiores críticas feitas ao português (muitos tomam-no como uma pessoa presunçosa, sumptuosa e egocêntrica), vemos um Cristiano Ronaldo que preza o bem-estar da família e dos próximos, uma pessoa que luta dia após dia para atingir o sucesso e um homem com valores morais bem definidos.

Admitindo não ter muitos amigos no meio do futebol, Ronaldo partilha o ecrã em quase todo o filme com a família, o agente Jorge Mendes e poucos outros amigos de longa data.

ronaldo_04

Acompanhando tanto os momentos bons da sua carreira como as várias Bolas de Ouro que arrecadou, o nascimento do filho, ou as várias transferências de que foi protagonista, assistimos também à forma como Ronaldo lidou com as maiores batalhas emocionais da sua vida, como por exemplo ver Lionel Messi ganhar 4 Bolas de Ouro consecutivas, a lesão que o afectou no Mundial da FIFA de 2014 ou a morte do pai.

ronaldo_05

Num filme bonito e íntimo, o que mais nos tocou foi a relação de Cristiano Ronaldo com Cristiano Ronaldo Júnior. Aquele que é um dos homens mais reconhecidos em todo o mundo torna-se em todos os momentos de intimidade num pai «normal», que prepara as refeições para o filho, que o leva à escola pela mão e a quem nunca nega carinho. É às vezes emocionante assistir a uma relação tão íntima como a que partilham.

No geral fica um filme aconselhável a toda a gente, um filme que mostra a verdadeira essência da pessoa que é Cristiano Ronaldo e que pode vir a limpar alguma má imagem mal fundada que exista sobre o mesmo.

Deixamos-te aqui o trailer:

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!