A Avenida está pronta. Vem aí o Vodafone Mexefest 2015


Vodafone Mexefest 2015
Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Experiências únicas, novas descobertas, de Música e também de espaços da cidade, movimento e alegria são alguns dos ingredientes que, ano após ano, fazem do Vodafone Mexefest uma experiência musical única. O cartaz está finalmente completo e os roteiros para os dias 27 e 28 de Novembro podem ser já construídos pelo público.

Já disponíveis estão também os horários e as salas, com destaque para as novidades: o Tanque, a Sala 3 do Cinema São Jorge e o regresso tão desejado do Teatro Tivoli BBVA. E porque as experiências inesquecíveis fazem parte do ADN do Vodafone Mexefest, apresenta-se também o Vodafone Blackout Room, uma experiência sensorial que promete surpreender todos aqueles que entrarem nestes espetáculos especiais.

Pelos palcos da Avenida estava já garantida muita da melhor música nova nacional e internacional. O cartaz fica completo com as últimas confirmações: Beautify Junkyards, Best Youth, Cave Story, Bison & Squareffekt, Roger Plexico, Nerve e Dj Firmeza, Colectivo Bomba de Oxigénio (Tiago Santos, Carlos Cardoso, Ricardo Guerra e Mary B), El Salvador, Flamingos, Holy Nothing, Jenny Hval, Meu Kamba Live, Pás de Probléme, Rita & O Revólver, Salvador Sobral, San Holo, The Babe Rainbow, The Sunflowers. Muitos nomes nacionais, reforçando a aposta na música portuguesa do festival, e as estreias no nosso país de Jenny Hval, San Holo e The Babe Rainbow completam o cartaz do Vodafone Mexefest.

A distribuição dos artistas por dias e salas e os horários de todas atuações estão a partir de hoje no site oficial e na app Vodafone Mexefest disponível para Android no Google Play e para iOS na Apple Store.

vmexefest15fechado_02

Uma sala com concertos às escuras

A descoberta de espaços inusitados, por norma fechados ou onde não é habitual decorrerem espectáculos, é um dos grandes pontos de interesse do Vodafone Mexefest. Excelente exemplo disso na edição deste ano é a estreia no roteiro do festival da antiga piscina do Ateneu Comercial de Lisboa, agora conhecida como Tanque. Com o palco colocado literalmente dentro da piscina, este espaço é o sítio ideal para o público “mergulhar” no espírito Vodafone Mexefest. Outra estreia é a Sala 3 do Cinema São Jorge, que irá receber o Vodafone Blackout Room. Nesta sala, os concertos acontecem às escuras, apelando a uma experiência puramente sensorial e imperdível.

Outra novidade é o regresso ao Teatro Tivoli BBVA, espaço emblemático da cidade e também do festival, onde já decorreram alguns dos melhores concertos de edições passadas. Estas salas juntam-se às já conhecidas nas edições anteriores: Cinema São Jorge – Salas Manuel de Oliveira e Montepio, Sala Super Bock/Garagem EPAL, Sala Delta/Palácio Foz, Estação Vodafone FM/Estação Ferroviária do Rossio, Ateneu Comercial de Lisboa, Sociedade de Geografia de Lisboa, Coliseu dos Recreios, Igreja de S. Luis dos Franceses, Casa do Alentejo e o Vodafone Bus.

vmexefest15fechado_03

Um festival com rostos

O difícil mesmo no Vodafone Mexefest por vezes é escolher. A Vodafone convidou 5 personalidades de destaque no panorama artístico/cultural nacional, que em comum têm uma enorme paixão pela música e um conhecimento profundo do Vodafone Mexefest. Estas personalidades vão construir e partilhar o seu roteiro com o público através da app do festival, ao mesmo tempo que trarão a sua “arte” para o Vodafone Mexefest:

  • Inês Meneses, radialista e comunicadora: sob o tema “A Música Mexe na Cidade”, vai escrever um texto que será projetado na Praça dos Restauradores, junto à Grafonola Vodafone Mexefest
  • Joaquim Quadros, locutor da Vodafone FM e especialista em música indie: vai sugerir músicas de novas bandas portuguesas, que podem ser descarregadas gratuitamente através de QR Codes disponíveis no Estúdio Vodafone FM
  • Rui Miguel Abreu, jornalista, radialista e divulgador de música nova: associa-se ao Vodafone Mexefest com o Mercado de Música Independente, uma iniciativa promovida por si com a Junta de Freguesia de Santo António, que tem lugar nos dias do Festival, entre as 12h00 e as 19h00, no Picadeiro Real do Antigo Colégio dos Nobres, espaço integrado no Museu de História Natural e da Ciência. Durante as tardes do festival haverá showcases – programa a divulgar brevemente – e as editoras presentes oferecerão 10% de desconto a todos os portadores de bilhete para o Festival
  • Paulo Segadães, fotógrafo, realizador e baterista de The Legendary Tigerman: pela Avenida serão expostas fotografias de sua autoria, integradas numa série intitulada ‘A música mexe na cidade’, colocadas em mupis especiais na Avenida da Liberdade, entre a Praça dos Restauradores e o Cinema São Jorge
  • André Tentugal, realizador e mentor dos We Trust: vai realizar uma curta-metragem também sob o tema “A Música Mexe na Cidade”, que será exibida na Sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge, nos intervalos entre os concerto
Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.