Tens uma ideia para melhorar o mundo? Apresenta-a e habilita-te a 10 mil euros


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Fazer do mundo um lugar melhor. Ok, nós sabemos que esta é uma frase feita no mundo do empreendedorismo – e quem acompanha a série Silicon Valley sabe bem do que estamos a falar. Mas melhorar o mundo não deixa de ser algo que todos nós já desejámos fazer quando éramos crianças. Ou mesmo agora na idade adulta.

Na verdade, muitas das boas ideias de negócio aparecem porque queremos fazer deste local onde vivemos uma coisa mais justa, agradável e proveitosa. Depois da ideia vem o conceito, a identidade e a estratégia de marketing. Passamos do “fazer do mundo um lugar melhor” para algo concreto.

É natural que alguns desses “algos concretos” fiquem pelo caminho, mas a vida é mesmo assim. O mundo das start-ups é mesmo assim: algumas morrem, outras sobrevivem. Nesta espécie de “batalha” a que chamamos empreendedorismo, testam-se ideias, sem saber quais é que vão realmente melhorar o mundo, sem saber quais é que vão ser a “the next big thing”. E isso é talvez o mais importante.

protechting_02

Mas é por isso que o empreendedorismo é bom. É uma fonte de inovação essencial na construção das sociedades do futuro. E por isso é que existem muitos concursos de ideias. O Protechting, que une a Fidelidade, a Fosun e a Beta-i, é mais um. Procuram-se projectos de negócio relacionados com a protecção das pessoas e do património em 4 áreas de negócio:

  • Protecção/Prevenção – projectos que permitam aumentar a protecção das pessoas e património;
  • Serviço – projectos que possibilitem melhorar a experiência do serviço/assistência, de modo a aumentar os níveis de satisfação;
  • Saúde – projectos na área da saúde (prevenção e/ou tratamento), que ajudem a melhorar significativamente a qualidade de vida e o bem-estar das famílias;
  • Poupança – projectos que transformem a relação das famílias com a poupança, de forma a garantir a sua estabilidade futura.

Mais que um simples concurso, o Protechting é um programa de captação e aceleração de start-ups que nasçam com o objectivo de proteger as pessoas, pretendendo apoiar quem acredita e trabalha para um mundo melhor.

A fase de candidaturas de projectos para o programa Protechting decorre até ao próximo 15 de Dezembro, para serem posteriormente avaliadas por um júri constituído por representantes da Fidelidade, Fosun e Beta-i. Todos os projectos que cheguem à fase final beneficiarão de apoio na incubação e aceleração da ideia, de mentoring nas áreas de gestão, marketing e tecnologia, de acesso às melhores ferramentas e metodologias de empreendedorismo a aplicar nas suas ideias de negócio, bem como de um pacote de seguros Fidelidade.

Os três melhores projectos e que mais se destaquem serão premiados com um roadshow na China, com acesso a alguns dos maiores investidores mundiais, podendo ainda beneficiar de uma participação de capital ou integrar o seu negócio na Fidelidade ou numa das empresas do grupo Fosun. O vencedor com o melhor projecto de negócio será ainda distinguido com um prémio monetário no valor de 10 mil euros.

Mais detalhes sobre o Protechting em protechting.pt.

[conteúdo patrocinado]

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!