Uma misteriosa empresa chamada Faraday Future tem algo para nos dizer sobre carros


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

A Faraday Future é uma empresa que ninguém sabe muito bem o que faz. Envolta em mistério, começou a ser falada em Novembro quando o The Verge visitou a sua sede numa zona industrial de Los Angeles. No no início de Janeiro, no CES, a Faraday Future vai anunciar um conceito.

Um conceito relacionado com mobilidade. Porque se sabemos algo sobre a Faraday Future é que ela vai desenvolver carros eléctricos conectados inteligentemente com o mundo exterior e com as nossas vidas –veículos que fazem sentido no mundo de hoje e de amanhã. “Na Faraday Future, acreditamos que os carros actuais não satisfazem as necessidades de hoje em dia. Inovações tecnológicas, restrições energéticas, congestionamento urbano e estilos de vida exigentes contribuiram cada um para uma mudança fundamental nos nossos relacionamentos com nossos carros”, pode ler-se no site oficial.

Ora se isto tudo te parece muito confuso é porque o é. Mas o teaser lançado na semana passada procura esclarecer a promessa desta misteriosa Faraday Future:

Respostas concretas só as obteremos no CES, em Las Vegas. “A 4 de Janeiro de 2016, a Faraday Future vai revelar um conceito inspirado pela nossa visão de design e engenharia. O futuro da mobilidade está mais perto do que pensamos”, diz a empresa numa página web, já pronta para o livestream que vai acontecer.

O vídeo que te mostrámos em cima é quase um futuro utópico, mas é um futuro bonito. Nesse futuro, os carros movem-se inteligentemente numa cidade, adaptam-se a nós e não congestionam ruas ou estacionamentos. Nesse futuro, o paradigma não é ter um carro, mas antes usar um carro quando precisamos“Se conseguissemos esquecer tudo o que sabemos sobre carros, iriamos inventar a mesma indústria automóvel que temos hoje?”, pergunta o narrador. “Acreditamos que a próxima geração de nós requer uma nova geração de carros”

Ora a Faraday Future não vai para além do SE. Não dá exemplos, nem mostra partes de produto(s). Aliás, a única imagem-teaser disponível é a que está na capa deste artigo. Mas o vídeo convenceu-nos e mal podemos esperar pelo conceito que será revelado em Janeiro.
Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.