Desafio terminado. Todos os livros que Mark Zuckerberg leu em 2015


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Todos os anos, Mark Zuckerberg define um desafio pessoal. Este ano, vai construir um assistente de inteligência artificial para a sua casa e correr 588 km durante o ano. Mas, em 2015, o desafio foi outro. O fundador do Facebook comprometeu-se a ler 1 livro a cada 2 semanas e cumpriu.

Chamou-lhe A Year of Books. Zuckerberg quis focar a sua selecção de livros em “diferentes culturas, crenças, histórias e tecnologias”. “Livros que permitam explorar completamente um assunto e mergulhar nele de uma forma mais profunda do que a maioria dos media hoje em dia”, escreveu no seu perfil pessoal, no início do desafio, afirmando ainda ser seu objectivo para 2015 ter uma “dieta de media” com mais livros.

O executivo criou a página A Year of Books no Facebook – uma espécie de clube de leitura onde, de 15 em 15 dias, anunciava o livro que ia começar a ler e onde promovia discussões com quem também lesse esse livro. Ao todo, Mark Zuckerberg leu 23 livros em 2015. E foram eles:

  1. The End of Power – Moisés Naím
  2. The Better Angels of Our Nature – Steven Pinker
  3. Gang Leader for a Day – Sudhir Venkatesh
  4. On Immunity – Eula Biss
  5. Creativity, Inc – Ed Catmull
  6. The Structure of Scientific Revolutions – Thomas Kuhn.
  7. Rational Ritual – Michael Chwe
  8. Dealing With China – Hank Paulson
  9. Orwell’s Revenge – Peter Huber
  10. The New Jim Crow – Michelle Alexander
  11. Muqaddimah – Ibn Khaldun
  12. Sapiens: A Brief History of Humankind – Yuval Harari
  13. The Player of Games – Iain Banks
  14. Energy – Vaclav Smil
  15. Genome – Matt Ridley
  16. The Varieties of Religious Experience – William James
  17. Portfolios of the Poor: How the World’s Poor Live On $2 A Day – Daryl Collins, Jonathan Morduch, Stuart Rutherford e Orlanda Ruthven
  18. Why Nations Fail – Daron Acemoğlu James A. Robinson
  19. The Rational Optimist – Matt Ridley
  20. The Three-Body Problem – Liu Cixin
  21. The Idea Factory: Bell Labs and the Great Age of American Innovation – Jon Gertner
  22. World Order – Henry Kissinger
  23. The Beginning of Infinity – David Deutsch

São estes os 23 livros que o CEO do Facebook acha que todos devem ler.

“Ler deu-me uma perspectiva mais ampla em relação a uma série de tópicos – da ciência à religião, da pobreza à prosperidade, da saúde à energia e à justiça social, da filosofia política à política estrangeira, da história à ficção futurista”, escreveu Zuckerberg no final de 2015. “Este desafio tem sido intelectualmente gratificante, termino-o com um maior sentimento de esperança e optimismo em relação à nossa sociedade e a como ela pode progredir ainda mais em todas estas áreas.”

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!