No top de séries mais pirateadas de 2015, não há títulos do Netflix


Mais um ano terminado, mais um top das séries mais pirateadas com Game of Thrones na primeira posição. É o quarta vez consecutiva que a produção da HBO ocupa tão invejado estatuto. No entanto, há outro aspecto a salientar nestes tops: a ausência de séries do Netflix.

Na tabela das séries mais pirateadas em 2015, temos, para além de Game Of Thrones (HBO) com 14,4 milhões de downloads, The Walking Dead (AMC) na segunda posição com 6,9 milhões e The Big Bang Theory (CBS) na terceira com 4,4 milhões. Segue-se, por ordem, Arrow (The CW), The Flash (The CW), Mr. Robot (USA Network), Vikings (History), Supergirl (CBS), The Blacklist (NBC) e, por fim, Suits (USA Network).

seriesmaispirateadas2015_02

No geral, não há sinais de que a pirataria de séries está a baixar. Pelo contrário, o número de downloads das produções mais populares continua a aumentar, muitas vezes excedendo o número de espectadores tradicionais nos Estados Unidos, conforme nota o site TorrentFreak, que anualmente reúne os dados da pirataria via BitTorrent.

Não há nenhuma série original do Netflix (como Narcos, House of CardsOrange Is The New Black, Master of None…) entre as mais pirateadas do ano. Podemos tirar várias ilacções disso mesmo.

Por um lado, as pessoas querem ver as séries na net, à hora que lhes apetecer e/ou logo quando saem (e não estar dependentes de uma qualquer grelha televisiva ou da operadora). O TorrentFreak revela que mais de metade dos 14,4 milhões de downloads de Game of Thrones aconteceram na primeira semana depois de a série ir para o ar e que o total excede o número de espectadores na televisão norte-americana (uma estimativa de 8,1 milhões).

Por outro lado, a cobertura internacional, assim como a flexibilidade e comodidade do serviço, levam a que não valha a pena “sacar” as séries do Netflix. Recorde-se que o Netflix chegou em 2015 a novas geografias, incluindo Portugal, Espanha e Itália, estando presente actualmente em mais de 60 países. No total, tem cerca de 70 milhões de assinantes que, por cerca de 8 euros por mês (um preço acessível), acedem a um catálogo com milhares de títulos, alguns deles exclusivos do Netflix.

O Netflix pode ser usado sem um contrato com uma operadora de comunicações e não está preso ao ecrã de uma televisão. Aliás, podemos usar o serviço fora e dentro de casa, em computadores, tablets e telemóveis. A assinatura do Netflix também não implica continuidade, uma vez que podemos cancelar a subscrição a qualquer momento, reactivando-a no mês seguinte (por exemplo, podemos activar o Netflix só quando estamos com tempo livre ou quando estreia nova temporada).

seriesmaispirateadas2015_03

Algumas vozes mais críticas podem de imediato dizer que as séries do Netflix não são suficientemente “boas” ou populares para figurar no top das 10 mais pirateadas. Todavia, House of Cards, Orange Is The New Black e Narcos são apenas três nomes mais hyped do serviço, que recorrentemente encontramos ao lado das grandes produções televisivas.

A HBO fez alguns esforços para tentar reduzir a pirataria de Game of Thrones no ano passado. Para além de transmitir os episódios da temporada 5 mais ou menos na mesma data a nível internacional, também lançou o serviço HBO Now nos Estados Unidos, permitindo a subscrição do canal sem a assinatura de um contrato com uma operadora.

Confere o top das 10 séries mais pirateadas de 2015 agora:

  1. Game of Thrones – 14 400 000 downloads / 8 110 000 espectadores estimados nos EUA
  2. The Walking Dead – 6 900 000 downloads / 15 780 000 espectadores estimados nos EUA
  3. The Big Bang Theory – 4 400 000 downloads / 18 300 000 espectadores estimados nos EUA
  4. Arrow – 3 900 000 downloads / 3 920 000 espectadores estimados nos EUA
  5. The Flash – 3 600 000 downloads / 4 010 000 espectadores estimados nos EUA
  6. Mr. Robot – 3 500 000 downloads / 1,750 000 espectadores estimados nos EUA
  7. Vikings – 3 300 000 downloads / 5 010 000 espectadores estimados nos EUA
  8. Supergirl – 3 000 000 downloads / 12 960 000 espectadores estimados nos EUA
  9. The Blacklist – 2 900 000 downloads / 10 110 000 espectadores estimados nos EUA
  10. Suits – 2 600 000 downloads / 2 380 000 espectadores estimados nos EUA