O Huawei Mate 8 tem uma bateria que dura 2 dias, promete a marca


Huawei Mate 8 é o último topo-de-gama da fabricante chinesa que, nos últimos meses, tem ganho atenção mediática devido aos telemóveis que tem colocado no mercado. O Mate 8 foi apresentado em Novembro e mostrado na CES, feira de tecnologia que está a acontecer em Las Vegas.

Com um ecrã Full HD de 6 polegadas protegido com vidro Gorilla Glass 4, o Mate 8 é usa um processador próprio da Huawei, um octa-core HiSilicon Kirin 950, que promete potência e rapidez. A memória RAM varia entre 3 e 4 GB, consoante estejamos a falar da variante de 32 ou de 64 GB (há slot microSD para cartões até 128 GB). Quanto às câmaras, encontramos uma frontal de 8 megapixels e uma traseira com o sensor Sony IMX298, capaz de produzir fotografias de 16 megapixels e de fazer vídeo 1080p a 60 fps.

huaweimate8_02

Talvez a funcionalidade mais interessante deste Mate 8 é a sua bateria. A marca indica que dura mais de dois dias (2,36 dias) com um uso norma ou um dia e meio (1,65 dias) com um uso mais intensivo. O telefone tem ainda a tecnologia de carregamento rápido, que permite carregar bateria para um dia inteiro em apenas 30 minutos.

huaweimate8_03

huaweimate8_04

De resto, o Huawei Mate 8 é um equipamento parecido com muitos outros que já encontramos no mercado: um leitor de impressões digitais (para desbloqueio do ecrã e para pagamentos móveis), conectividade 4G LTE, Dual SIM, mãos livres… Corre uma versão do Android 6.0 Marshmallow personalizada pela Huawei, a pensar na produtividade.

O Mate 8 foi apresentado na CES em quatro cores diferentes: champagne gold, moonlight silver, space gray e mocha brown. Vai custar cerca de 650 euros quando chegar a Portugal no próximo mês de Fevereiro.