O R&B dos Vintage Trouble vai fazer o NOS Alive 2016 recuar umas décadas


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Os norte-americanos Vintage Trouble sobem ao Palco Heineken dia 7 de Julho para apresentarem em primeira-mão o mais recente álbum de originais, 1 Hopeful Rd, editado em 2015.

Ao longo dos últimos anos os Vintage Trouble têm deixado muitos de boca aberta por terem sido escolhidos para acompanharem digressões de algumas das bandas mais reconhecidas de todos os tempos. Os AC/DC e os The Who gostam tanto do quarteto que os convidaram a fazerem parte das suas últimas digressões. Já os The Rolling Stones convidaram o grupo a partilhar o palco no concerto realizado no Hyde Park em Londres, em 2013.

1 Hopeful Rd, o terceiro disco de estúdio da banda de Los Angeles, foi produzido pela editora Blue Note, com o vencedor de três Grammy Awards Don Was aos comandos. Vintage Trouble são Ty Taylor na voz, Nalle Colt na guitarra, Rick Barrio Dill no baixo e Richard Danielson na bateria. O disco sucede a The Bomb Shelter Sessions, editado em 2011, e a The Swing House Acoustic Sessions, de 2014.

Formados em 2010 na Califórnia, os Vintage Trouble revisitam o blues-rock e R&B dos anos 1950/1960. A banda actuou em 2014 no Super Bock Super Rock. Agora, no NOS Alive, vai subir ao palco no mesmo dia de The Chemical Brothers, Pixies, Robert Plant, The 1975, Wolf Alice e John Grant.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.