Youtuber PewDiePie começou a criar o seu império na Internet


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

PewDiePie tem 25 anos, é sueco e ficou rico graças ao YouTube, onde reúne mais de 40 milhões de subscritores. Depois de criar o seu império no YouTube, Felix Kjellberg, como também é conhecido, vai criar um outro império fora dele. Está a nascer o RevelMode.

O RevelMode é uma nova plataforma de vídeo, para a qual PewDiePie e outras estrelas seleccionadas por ele vão produzir conteúdos originais. Ainda em fase de lançamento, o RevelMode é detido pela Maker Studios, uma rede que “detém” vários canais de YouTube (como o de PewDiePie) e que é detida pela Disney. A Maker Studios vai basicamente dar todas as ferramentas de que o RevelMode precisa.

Na prática, o que é que o RevelMode significa? “Eu e outros youtubers incríveis de que gosto mesmo a fazer vídeos juntos”, explicou PewDiePie no vídeo em que anuncia o novo projecto.

pewdiepierevelmode_02

O RevelMode não vai ter apenas vídeos criados pelas várias estrelas do YouTube que se associaram ao projecto. Irá também lançar jogos para telemóvel, um campo no qual PewDiePie não é novo. Em conjunto com uma empresa especialista na área, a Outerminds, criou no ano passado o Legend of the Brofist, um jogo para iOS e Android que custa 5,49 euros e que chegou aos tops das respectivas lojas. Mas o RevelMode quer também ser sinónimo de solidariedade social e incentivar os seus seguidores a angariar fundos para causas como a escassez de água potável ou o desenvolvimento das novas gerações.

pewdiepierevelmode_03

A primeira leva de nomes a juntar-se ao RevelMode inclui CinnamonToastKen (Ken Morrison), CutiePieMarzia (Marzia Bisognin), Dodger (Brooke Lawson), EmmaBlackery (Emma Blackery), JackSepticEye (Sean McLoughlin), Jelly (Jelle van Vucht), Kwebbelkop (Jordi van den Bussche) e Markiplier (Mark Fischbach). O primeiro objectivo são 100 milhões de subscritores no canal de YouTube, sendo que a plataforma vive também em revelmode.com, no Facebook e no Twitter.

PewDiePie, tal como muitos youtubers, está associado a uma rede. São estas rede que ajudam os youtubers a crescer, a chegar a novas audiências e a fazer dinheiro na plataforma. A rede do PewDiePie é a Maker Studios, desde 2002. Mas Felix Kjellberg é uma estrela com sucesso suficiente para exigir mais autonomia e foi o que fez em 2014, quando informou a Maker Studios do seu desejo de criar a sua própria rede de YouTube – o seu próprio império online.

Em Outubro do ano passado, a estrela sueca lançou o seu primeiro livro, This Book Loves You, através da editora Penguin Random House. Em Novembro, anunciou a sua participação numa série original intitulada Scare PewDiePie, uma co-produção da Maker Studios e da Skybound Entertainment, onde trabalham os produtores do aclamado The Walking Dead. A ser disponibilizado este ano no YouTube Red, Scare PewDiePie já tem algumas imagens divulgadas:

Felix Kjellberg abriu o seu canal de YouTube em 29 de Abril de 2010. Tinha apenas 20 anos e era caloiro do curso de Economia na Universidade Técnica Chalmers. A ideia era simples: experimentar videojogos e fazer crítica no YouTube com humor à mistura. Em Agosto de 2013, PewDiePie tornou-se o canal com mais subscritores em todo YouTube; já em Julho de 2014 ultrapassou Rihanna e ganhou a medalha de canal com mais visualizações de todos os tempos. Com mais de 40 milhões de subscritores e 10 mil milhões de views, Felix ganhou no ano passado 12 milhões de dólares, segundo contas da Forbes.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!