A Oppo consegue carregar um telemóvel por completo em apenas 15 minutos


As baterias são a maior dor de cabeça para quem tem um smartphone. O ecrã grande e táctil, os múltiplos sensores e todas as funcionalidades avançadas requerem um consumo energético maior, o que significa menor autonomia. Ainda assim, ao longo dos últimos anos, as baterias dos smartphones têm crescido e a norma está a passar de 1 dia de autonomia para 2 dias.

Mas a dor que as baterias nos dão não tem a ver apenas com a autonomia, mas também com o carregamento. O Galaxy S6, por exemplo, tem um sistema de carregamento super rápido, em que 10 minutos ligados à tomada significam 4 horas de uso. É preciso usar o carregador especial da Samsung. Já este ano, a Qualcomm está a mostrar a sua nova tecnologia Quick Charge 3.0, que permite que smartphones com o chip Snapdragon 820 possam ir de 0% a 80% de bateria em 35 minutos.

Contudo, a Oppo tem um telemóvel cuja bateria carrega a 100% em apenas 15 minutos. Para já, trata-se apenas de um protótipo que a fabricante chinesa está a exibir no MWC e que ela própria desenvolveu. O carregamento super rápido – chamado SuperVOOC – funciona unicamente com um cabo e um transformador próprios; este último é maior que a generalidade dos transformadores dos telemóveis convencionais e mais pequeno que o dos PCs, conforme nos explicou um porta-voz da Oppo.

opposupervoocmwc16_02

No fundo, a Oppo tem controlo total sobre a bateria (que é de 2500 mAh), o carregador e também o software envolvido. A empresa diz-nos que o carregamento não é prejudicial para a bateria, nem para o telemóvel, e são prometidas 10 horas de chamadas com apenas uma carga. Graças a uma baixa voltagem de 5 volts, o equipamento não sobre-aquece.

O SuperVOOC é a segunda geração da tecnologia VOOC. Os mais cépticos vão questionar da eficiência deste sistema de carregamento da Oppo, mas a demonstração não deixou margens para dúvidas: o telemóvel começou nos 9% de bateria e em cerca de 10 minutos chegou aos 100%.

mwc16banner