A reunião de ‘Friends’ pode não ter sido aquilo que esperavas


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

O anúncio da há muito desejada reunião do elenco principal de Friends fez-se acompanhar com pompa e circunstância por todos os meios de comunicação social. No entanto, enquanto os nossos olhos, ouvidos e mente se fixavam nas palavras “reunião” e “Friends”, existiam três outras com maior importância para o acontecimento: “homenagem” e “James Burrows”.

O programa de homenagem ao realizador teve efectivamente duas horas e conseguiu mesmo juntar a maior parte do elenco principal de Friends. Vimos Rachel, Phoebe e Monica, Joey e Ross sentados no mesmo sofá e na mesma mesa e conseguimos ainda assistir a excertos da famosa série norte-americana que entreteve milhões de pessoas durante dez anos. No entanto, a excitação com que a notícia foi recebida pode ter iludido alguns dos fãs que esperavam ver mais e melhor conteúdo desta reunião.

O sentimento de desilusão instalou-se assim que soubemos que Matthew Perry não iria estar presente. O actor que desempenhou o papel de Chandler Bing na série, estaria, à data da gravação do programa, em Londres nos ensaios da peça The End Of Longing, amputando o grupo de amigos e partes da ânsia e da esperança dos muitos que sonhavam com o acontecimento. No entanto, Matthew não abandonou por completo os restantes elementos do grupo e fez sentir a sua presença com um pequeno vídeo onde apresentou e chamou os seus colegas a palco.

Dos 120 minutos de homenagem a Burrows, apenas 12 foram protagonizados pelo elenco de Friends. O tempo foi articulado entre conversas e excertos de alguns episódios mas, apesar de não termos tido a oportunidade de assistir a nada mais para além disso, há uma parte da saudade que ficará certamente satisfeita com o simples facto de voltarmos a ver cinco dos seis amigos novamente reunidos.

E se ainda não viste as imagens, mata as saudades, aqui:

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!