BBC Three deixou a televisão e vai fixar-se exclusivamente na internet


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

Há uns dias noticiámos o fim da circulação impressa do The Independent, um histórico jornal britânico que nos últimos meses vinha a registar uns constante aumento de visualizações no seu website e um contrastante decréscimo nas vendas dos seus exemplares. A solução encontrada pelo director, Evgeny Lebedev, foi colocar um fim na versão impressa do jornal e investir todos os recursos daquela publicação na versão online do jornal. Desta vez é a BBC a suprimir um dos seus canais na televisão e a transferir completamente a emissão para a internet.

A medida é resultado de um plano de reestruturação que a estação tem levado a cabo nas últimas semanas e Lord Hall, o diretor geral da BBC, deverá discursar nas próximas semanas com o objectivo de esclarecer as suspeitas que existem acerca desta renovação. Para já, pensa-se que o objectivo principal está na eliminação das secções de rádio e televisão da empresa e na reorientação dos seus produtos para o domínio do consumidor, muito provavelmente à semelhança daquilo que é o Netflix e a HBO Go. Para além disso, a estação britânica deve passar a apostar numa maior articulação com o YouTube e as redes sociais e o novo portal Daily Drop é exemplo disso.

Por enquanto, assiste-se à absorção de alguns programas por parte de outros canais e estações de rádio, uma estratégia que deverá ser o fio condutor de uma eliminação gradual dos serviços da BBC nos media mais convencionais como a televisão e a rádio. Para além disso, tem-se assistido a um emagrecimento da estrutura da estação que tem dispensado alguns dos seus dirigentes nos últimos dias

Por agora, se quiseres assistir à BBC Three, podes fazê-lo aqui.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.