Bicicletas partilhadas em Lisboa: passe anual vai custar 36 euros


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Uma boa notícia para os entusiastas de desporto e amantes de bicicletas. As bicicletas partilhadas em Lisboa são uma realidade e vai custar apenas 36 euros por ano, o equivalente a um passe mensal Navegante para circular de Metro e Carris.

Depois de vários países aderirem à moda das bicicletas, chegou a vez de Lisboa. A Empresa de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa (EMEL) quer criar uma rede com mais de 1400 bicicletas partilhadas e distribuídas por quatro zonas da cidade.

Esta nao é a primeira vez que o concurso é lançado mas, como conta João Dias, administrador da EMEL, ao Jornal de Negócios, foi encerrado pois os concorrentes “apresentaram problemas ao nível das formalidades que tinham de cumprir no concurso.”

O Sistema de Bicicletas Públicas Partilhadas (SBPP) de Lisboa vai ter um custo 10 euros por dia e um passe anual rondará os 36 euros. Apesar destes valores não estarem ainda completamente acordados, “a Câmara achou bem que um passe anual custe o mesmo que um passe mensal dos transportes públicos. É um valor razoável porque também querem que a rede tenha adesão”, explica João Dias.

Ao todo, a rede vai ser constituída por 1410 bicicletas distribuídas por um total de 140 estações em quatro zonas da cidade: Planalto Central (com 92 estações); Parque das Nações (15 estações); Eixo Central (6 estações); Baixa e frente ribeirinha (27 estações). O fornecimento dos veículos e a gestão da rede será feito por uma empresa externa, contratada pela EMEL.

O modelo das bicicletas ainda vai ser decidido mas poderão ser eléctricas, a pedal e híbridas.

A EMEL estima que este projeto, de aproximadamente 29 milhões de euros, gere um total de 10 milhões de euros de receitas num espaço de oito anos.

(foto: André Neves/Flickr)

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!