Irmãos Coen querem fazer uma sequela do filme ‘Barton Fink’


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

Já lá vão uns aninhos desde a estreia de Barton Fink, filme escrito e realizado por Joel Coen e Ethan Coen. Numa entrevista recente à Variety, os dois irmãos revelaram que querem dar continuação à produção de 1991, uma das principais da sua carreira cinematográfica.

Joel e Ethan falaram com a conceituada revista de cinema a propósito da sua última obra – Hail, Caesar! –, que vai chegar dia 25 deste mês às salas portuguesas. Com George Clooney, Josh Brolin e Alden Ehrenreich nos papéis principais, Hail, Caesar! segue Eddie Mannix, um típico “fixer” da Hollywood dos anos 1950, ou seja, um homem que trabalha nos estúdios de cinema de forma a proteger as suas estrelas de qualquer controvérsia, polémica ou problema.

“Vamos fazer uma sequela de ‘Barton Fink’ de alguma forma”, comentou o irmão Ethan, referindo-se ao seu filme de 1991. “É o único filme que nós pensamos que merece uma sequela, chamada ‘Old Fink'”, completou Joel, dizendo que a concretização do projecto só depende de uma coisa: John Turturro ficar “bem velho”. “Ele está a chegar lá”, disse.

Turturro é John Turturro, o actor de 58 anos que, em 1991, emprestou o corpo a Barton Fink, um dramaturgo nova-iorquino de renome que muda-se para a Califórnia para escrever guiões para um estúdio de cinema de Hollywood. O filme estreou no festival de cinema de Cannes em Maio e ganhou a Palme d’Or, bem como prémios para Melhor Realizador e Melhor Actor (Turturro).

Durante anos, Turturro tentou convencer os irmãos Coen de fazer um spin-off de The Big Lebowski, mas parece que tal não vai acontecer. Quando a Variety questionou os Coen quanto a esta ideia, a resposta que obteve foi clara: “Não.”

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!