Mark Zuckerberg quer o Facebook com 5 mil milhões de utilizadores até 2030


 
O Shifter precisa de dinheiro para sobreviver.
Se achas importante o que fazemos, contribui aqui.

1,59 mil milhões de utilizadores é a dimensão do Facebook actualmente, mas o CEO Mark Zuckerberg quer nos próximos 14 anos conectar 60% dos habitantes do planeta com a sua rede social. Ou seja, o objectivo é que, até 2030, o Facebook tenha 5 mil milhões de pessoas.

O número foi revelado por Zuckerberg na semana que passou, durante um evento de celebração do 12º aniversário da rede social, para o qual foram convidados 18 utilizadores cujas histórias provaram ser inspiradoras para o executivo. O grupo teve a oportunidade de jantar com o CEO do Facebook, visitar os escritórios da empresa e ainda de regressar a casa com um par dos óculos Samsung Gear VR, conforme reporta o jornal USA Today, que acompanhou a inciativa.

Mesmo com 5 mil milhões de pessoas no Facebook em 2030, isso seria pouco mais que metade de população mundial, que nesse ano deverá ser de 8,5 mil milhões, segundo estimativas das Nações Unidas.

“Queremos acabar de conectar toda a gente, vamos fazê-lo em parceria com governos e diferentes empresas de todo o mundo”, disse Zuckerberg, apontando para uma grande foto de parede do drone Aquila, que a empresa tem estado a desenvolver. “É movido a energia solar, e consegue sobrevoar uma cidade garantindo-lhe acesso à net. É, tipo, muito louco, certo?”

Aquila é parte da iniciativa Internet.org, que apesar de controversa, tem como objectivo ligar todo o mundo à net. Outra das suas acções chama-se Free Basics e a ideia é cada pessoa ter um serviço básico de Internet, isto é, acesso gratuito a sites como o Facebook, o Messenger, o Google Search, a Wikipédia ou o AccuWeather. O Free Basics funciona em 25 países.

Apesar de parecer assustador ao início, o Facebook tem boas chances de alcançar o objetivo dos 5 mil milhões até 2030. Com mais e mais pessoas online a cada dia que passa, é apenas uma questão de tempo até que elas percebem que podem estar em contacto com amigos e família graças à magia Facebook.

Se não conseguirmos aumentar o número de patronos, a 2ª edição da revista será a última, e o Shifter como o conheces terminará no final de Dezembro. O teu apoio é fundamental!